Novas alterações no calendário de IPOs de abril

Além de alterações nas datas já definidas, novas empresas definiram faixa indicativa de preço de seus IPOs

Mercado Ahmad Ardity por Pixabay
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

Com a volta da temporada de ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) na Bolsa de Valores (B3), novas alterações surgem no calendário de abril

Apesar das desistências de 18 ofertas primárias e 15 secundárias, foram registradas 26 ações na Comissão de Valores Mobiliários (CVM) neste ano, que somaram R$ 19,2 bilhões. 



Outras 82 ações ainda aguardam em análise na CVM. 

Confira o calendário atualizado: 

_________ Início do Período de Reserva Encerramento do Período de Reserva Fixação do 
Preço por Ação 
Início das Negociações na B3 
Hospital Mater Dei 29/03 13/04 14/04 16/04 
CM Hospitalar 25/03 13/04 14/04 16/04 
Blau Farmacêutica 23/03 14/04 15/04 19/04 
Grupo GPS 07/04 19/04 20/04 23/04 
Hospital Care 06/04 20/04 22/04 26/04 
Rio Alto Energias 14/04 23/04 26/04 28/04 
Infracommerce 13/04 26/04 27/04 29/04 
Boa Safra 13/04 26/04 27/04 29/04 
Banco Modal 14/04 26/04 28/04 30/04 
Kora Saúde 14/04 27/04 28/04 30/04 
Vittia14/04 27/04 28/04 30/04 
Fonte: TradeMap

Saiba mais sobre as empresas e seus IPOs 

Hospital Mater Dei – MATD3 

Faixa indicativa de preço: entre R$ R$ 21,80 e R$ 26,20  



Pretensão de captação: R$ 2 bilhões  

Total de papéis da oferta base: 80.694.056  

Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para:   

  • viabilizar aquisições de rivais menores e de startups;  
  • investir na construção de novos hospitais.    

A Mater Dei, fundada em 1980 e sediada em Belo Horizonte, atualmente possui três unidades na região metropolitana da capital, totalizando 1.081 leitos hospitalares. 

CM Hospitalar (Viveo) – VVEO3  

Faixa indicativa de preço: entre R$ 19,92 e R$ 25,81  

Pretensão de captação: R$ 2 bilhões  

Total de papéis da oferta base: 87.305.746   

Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para:   

  • permitir a venda de participações;  
  • investir em seu próprio crescimento;  
  • realizar novas aquisições.  
Leia também:   Plano&Plano: vendas líquidas contratadas crescem 73% em nove meses, para R$ 1 bilhão

A CM Hospitalar, fundada em 1996 pela família Mafra, teve seu foco inicial para importação e exportação de medicamentos. Atualmente, é a líder na distribuição de produtos médico-hospitalares e medicamentos no país. 

Blau Farmacêutica – BLAU3  

Faixa indicativa de preço: entre R$ 44,60 e R$ 50,60.  







Pretensão de captação: R$ 2,1 bilhões  

Total de papéis da oferta base: 44.848.485  

Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para:   

  • expansão da capacidade produtiva e verticalização de insumos estratégicos;   
  • investimentos em centros de coleta de plasma nos Estados Unidos;  
  • aceleração de sua política de investimento em pesquisa e desenvolvimento;   
  • expansão de seu mercado de atuação e de sua capacidade produtiva e de distribuição na América Latina;   
  • composição de capital de giro para novos investimentos;   
  • amortização das debêntures.  

A Blau Farmacêutica é uma das principais empresas farmacêuticas da América Latina, responsável por produzir medicamentos de alta complexidade, voltados à saúde humana.  

Grupo GPS – GGPS3  

Faixa indicativa de preço: entre R$ 13,00 e R$ 15,50  



Pretensão de captação: R$ 2,5 bilhões  

Total de papéis da oferta base: 180.375.180  



Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para:   

  • pagar dividendos;  
  • fortalecer sua capacidade financeira;  
  • realizar novas aquisições.    

O Grupo GPS, fundado em 1962, é atualmente líder e maior player do setor de prestação de serviços integrados, dentre eles, logística indoor, facilities, manutenção industrial, serviços de engenharia e segurança. 

Hospital Care – HCAR3 

Faixa indicativa de preço: entre R$ 22,50 e R$ 28,50  

Leia também:   Em semana marcada por pessimismo com política fiscal brasileira, Ibovespa cai 2,9% e opera abaixo dos 105 mil pontos; Getnet lidera as perdas

Pretensão de captação: R$ 1,1 bilhão  

Total de papéis da oferta base: 41.850.000  



Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para:   

  • investir em expansão e desenvolvimento de unidades já existentes;  
  • destinar recursos para sistemas, inovação e tecnologia;  
  • realizar novas aquisições.    

O Hospital Care Caledonia, fundado em 2017 com sede em Campinas, é atualmente uma das maiores holdings de hospitais do país e possui 5 Hubs operacionais localizados no Paraná, Santa Catarina e São Paulo. 

Rio Alto Energia – RIOS3 

Faixa indicativa de preço: entre R$15,87 e R$20,63 

Pretensão de captação: R$ 805 milhões 

Total de papéis da oferta base: 44,1 milhões 



Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para:  

  •  Investir em projetos de geração de energia em construção e desenvolvimento (90%);  
  • Reforçar o caixa e capital de giro da empresa (7,5%);  
  • Investir em projetos futuros de energia solar (2,5%). 

A Rio Alto, fundada em 2009, é uma empresa independente especialista em projetos de geração de energia renovável e uma das maiores geradoras de energia solar fotovoltaica do país.   

Infracommerce CXAAS – IFCM3 

Faixa indicativa de preço: entre R$ 22 e R$ 28 

Pretensão de captação: R$ 1,98 bilhões 

Total de papéis da oferta base: 79.269.269 

Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para: 

  • Aquisições estratégicas a fim de gerar crescimento inorgânico (75%); 
  • Capex, pesquisa e desenvolvimento e despesas comerciais (20,77%); 
  • Pagamento de dívidas (4,23%). 

A Infracommerce é uma das maiores empresas de Full Service para negócios digitais. Fundada no Brasil, conta com unidades no país (inclusive em São Paulo), no México, na Argentina e na Colômbia.   

Boa Safra Sementes – GBSA3 

Faixa indicativa de preço: entre R$ 9,90 e R$ 12,60 

Leia também:   JBS emitirá até R$ 1,2 bilhão em debêntures

Pretensão de captação: R$ 454 milhões   

Total de papéis da oferta base: 40,4 milhões 

Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para: 

  • Investir em projetos de geração de energia em construção e desenvolvimento (90%); 
  • Reforçar o caixa e capital de giro da empresa (7,5%); 
  • Investir em projetos futuros de energia solar (2,5%). 

Banco Modal – MODL11 

Faixa indicativa de preço: entre R$ 24,30 e R$ 32,82 por Unit 

Pretensão de captação: R$ 1,5 bilhão 

Total de papéis da oferta base: 51.050.000 Units 

Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para: 



  • Investir em tecnologia (35,0%);   
  • Investir em marketing (12,5%);   
  • Expandir os negócios por meio de aquisições estratégicas (25,0%);   
  • Expandir a carteira de crédito (27,5%). 

O Banco Modal foi fundado em 1995 e possui 1,173 milhão de clientes e R$ 17,812 bilhões em ativos sob custódia.  Além disso, criou-se a Modalmais em 2015, uma plataforma com a unidade de banco de investimento. 

Kora Saúde – KRSA3 

Faixa indicativa de preço: entre R$ 11,20 e R$ 15,50 

Pretensão de captação: R$ 454 milhões   

Total de papéis da oferta base: 169.965.000 

Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para: 

  • Expansão inorgânica através da aquisição de ativos (50%); 
  • Ampliação dos ativos já existentes (25%); 
  • Inauguração de novos hospitais (15%); 
  • Expansão de outros segmentos hospitalares (10%). 

A Kora Saúde, fundada em 2010 e com sede em Cariacica (ES), é uma das maiores redes independentes hospitalares do país e administra 10 hospitais, sendo 7 no Espírito Santo, 2 no Tocantins e 1 em Mato Grosso. 

Vittia Fertilizantes e Biológicos – VITT3 

Faixa indicativa de preço: entre R$ 7,80 a R$ 9,80 

Pretensão de captação: R$ 572,5 milhões 

Total de papéis da oferta base: 65.061.637 

Os recursos provenientes da tranche primária serão usados para: 

  • Aquisições (45%)  
  • Expansão (40%)  
  • Modernização (15%)  

O Grupo Vittia, presente no mercado há 50 anos, é constituído pelas empresas Biovalens, Granorte, Samaritá, Vitória Fertilizante, Biosoja e JB Biotecnologia e se dedica a produzir insumos de alta tecnologia para a agricultura. 

Foto: Ahmad Ardity/Pixabay

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais