Mercado global segue no meio a meio, de olho em indicadores e na bateria de balanços

Por aqui, hoje será o dia com maior número de divulgações de balanços corporativos

Unsplash
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

Nesta quinta-feira, 12, as bolsas asiáticas fecharam em baixa. Por lá, o aumento no número de casos da nova variante da Covid-19 segue preocupando os investidores. Além disso, as pressões regulatórias da China para alguns negócios pressionam os mercados.

Já as bolsas europeias operam no meio a meio, enquanto os futuros americanos estão próximos da estabilidade. Os investidores avaliam os próximos movimentos do Fed (o banco central dos Estados Unidos) com sua política de estímulos à economia.

Ontem, a inflação dos EUA foi divulgada e veio em linha com o esperado. Isso pode significar que o caminho para a redução gradual da compra de títulos ainda possa seguir de forma lenta. Alguns dirigentes da autarquia monetária avançam com o discurso de que o banco precisa, o quanto antes, reduzir os estímulos monetários.

Entretanto, os investidores continuam animados com a temporada de balanços corporativos, que caminham para reta final, além, é claro, do ânimo com o pacote de infraestrutura do presidente dos EUA Joe Biden.

Leia também:   Com expectativa de maiores gastos do governo, Ibovespa vira e fecha em queda de 0,89%, aos 102.122 pontos

Quanto às commodities, o petróleo subiu, enquanto o minério de ferro mais uma vez cai com as intervenções da China para segurar os preços.

No Brasil, a Câmara não votou a PEC da reforma do imposto de renda que estava na agenda de ontem. No lugar, foi votada a reforma eleitoral, aprovada em primeiro turno, sem o “distritão”, mas com a volta das coligações.

Sobre o imposto de renda, esse nem tem data para ser votado, continuando no foco dos investidores como também a PEC dos Precatórios, que também vem causando polêmicas.

Para essa quinta-feira, na agenda econômica americana, teremos a divulgação do índice de preços ao produtor (PPI) e os dados dos pedidos contínuos por seguro-desemprego, que sairão às 9h30 (horário de Brasília).

Leia também:   Ações de mercados desenvolvidos subiram muito e estão caras? Não para o Santander

Na agenda brasileira, serão anunciados o Índice de Confiança do Empresário e o volume de serviços.  No campo corporativo, hoje será o dia com maior número de divulgações de balanços: Lojas Marisa (AMAR3), Sabesp (SBSP3), Natura (NTCO3), Magazine Luiza (MGLU3), Americanas (AMER3), Lojas Americanas (LAME4), Azul (AZUL4), Arezzo&Co (ARZZ3), Eztec (EZTC3), Energisa (ENGI11), Rumo (RAIL3), SLC Agrícola (SLCE3), Bradespar (BRAP4), CPFL Energia (CPFE3), Viver (VIVR3), Cyrela (CYRE3), Westwing (WEST3), Triunfo (TPIS3), Tecnisa (TCSA3), Eletromídia (ELMD3), Neogrid (NGRD3), Espaçolaser (ESPA3), Alphaville (AVLL3), Grupo Mateus (GMAT3), Track&Field (TFCO3), Springs (SGPS3), Ferbasa (FESA4), Alliar (AALR3), Lavvi (LAVV3), Wizs (WIZS3), Metal Leve (LEVE3), Grupo Soma (SOMA3), Cury (CURY3), Banrisul (BRSR6), Technos (TECN3), Centauro (SBFG3), Sanepar (SAPR11), BR Malls (BRML3), Mills (MILS3), Light (LIGT3), Time For Fun (SHOW3), Banco BMG (BMGB4), Trisul (TRIS3), Biosev (BSEV3) e Plano & Plano (PLPL3).

Foto: Unsplash

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

BLACK

WEEK

tag
Dias
Horas
Min.
Seg.