Mercado global engata mais um dia de alta de olho no petróleo e minério de ferro

No Brasil, a agenda econômica segue esvaziada. Os investidores deverão acompanhar a prévia de produção da Petrobras e estreia da Multilaser na B3

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

As bolsas internacionais engatam movimento de alta nesta quinta-feira, 22, já recuperando as perdas observadas no início da semana.

Os futuros americanos seguem no campo positivo com o mercado de olho na temporada de balanço do segundo trimestre das companhias.





Na Europa, as bolsas locais avançam e aguardam pela decisão da política do Banco Central Europeu sobre a taxa de juros. Além disso, é aguardado a fala da chefe da autarquia, Christine Lagarde, sobre a política de estímulos no continente.

A expectativa geral é de que os juros permanecem negativos, mas a orientação futura poderá mudar. Os membros do órgão vêm discutindo se poderão começar a promover mudanças na estratégia.

Leia também:   Bolsas mundiais operam sem direção com feriado nos EUA e indefinição na Opep+

Os investidores também devem ficar atentos ao acordo bipartidário de infraestrutura nos Estados Unidos, ainda sem definições, mas com senadores democratas acreditando no progresso do projeto.

Na agenda econômica, hoje tem a divulgação dos dados de novos pedidos semanais de seguro-desemprego dos EUA, o anúncio do indicador de antecedentes e as vendas de moradias usadas.

Entre as empresas listadas nas bolsas norte-americanas que devem divulgar resultados trimestrais nesta quinta antes da abertura dos mercados estão AT&T, American Airlines e Union Pacific. Depois do fechamento dos mercados, Intel, Twitter e Snap divulgarão seus balanços.





Já do outro lado do mundo, as bolsas asiáticas fecharam em alta depois de dois pregões mistos. O mercado acompanhou a recuperação das bolsas em Nova York e na Europa.

Leia também:   B3 anuncia mudanças na metodologia de seu índice de sustentabilidade

No entanto, o cenário continua nebuloso por lá. A cautela continua decorrente do avanço da variante delta do coronavírus. A Indonésia reportou maior número de casos, enquanto as hospitalizações também têm subido na Malásia.

Em relação às commodities, o petróleo bruto registra alta, à medida que os investidores avaliam os sinais de demanda por derivados e o tamanho dos estoques. Por outro lado, o minério de ferro cai forma, ainda em reflexo do movimento chinês na tentativa de resfriar os preços.

O bitcoin ultrapassou os US$ 32 mil, após receber um incentivo, incluindo o bilionário Elon Musk voltando atrás e anunciando que poderá aceitar a moeda digital em forma de pagamento.

Leia também:   Ibovespa aos 126k, risco político, temporada de balanços corporativos no exterior e o que influencia o mercado hoje

No Brasil, a agenda econômica segue esvaziada. Os investidores deverão acompanhar a prévia de produção da Petrobras e estreia da Multilaser na B3.

Além disso, os investidores deverão também ficar atentos à definição da reforma tributária. Ontem o ministro da Economia, Paulo Guedes, voltou a defender alguns pontos de suas sugestões, como a tributação sobre os dividendos em 20%.

Foto: Pixabay

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp