Magazine Luiza tem lucro de R$ 30,8 milhões no 1T20, queda de 76,7%

Loja da Magazine Luisa - foto: Germano Lüders

O Magazine Luiza teve um lucro líquido de R$ 30,8 milhões no primeiro trimestre de 2020, o que representa uma queda de 76,7% em relação ao mesmo período do ano passado.

Por outro lado, o segmento ajustado, que exclui outras receitas e despesas da companhia, apresentou um prejuízo líquido de R$ 8 milhões, ante um lucro de R$ 125,6 milhões no primeiro trimestre de 2019.

Entretanto, apesar de apresentar um lucro menor, a varejista reportou aumento de 20,9% em sua receita líquida nos três primeiros meses deste ano, passando de R$ 4,329 bilhões para R$ 5,234 bilhões na comparação anual.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) atingiu R$ 332,6 milhões no período, cifra 15,9% inferior frente à igual etapa do ano anterior.

Contudo, o Magazine Luiza teve uma forte aceleração das vendas desde abril, com o seu braço de comércio eletrônico crescendo e compensando o fechamentos das lojas físicas da empresa devido às medidas de isolamento social para conter o avanço da covid-19.

Com isso, as vendas totais aumentaram 34% no comparativo anual, somando R$ 7,7 bilhões. O e-commerce foi responsável por mais da metade do desempenho positivo do Magalu.

“Os efeitos dessa nova realidade já se mostraram no resultado final do primeiro tri. E devem ter impacto ainda maior no segundo”, disse a varejista em seu release publicado ontem à noite, após fechamento da bolsa de valores.

Resumo dos principais números do Magazine Luiza
  • Lucro líquido: R$ 30,8 milhões (-76,7%)
  • Receita líquida: R$ 5,234 bilhões (+20,9%)
  • Ebitda: R$ 332,6 milhões (-15,9%)
Veja mais detalhes!

Pelo TradeMap 3.0 é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bolsa de valores (incluindo ativos americanos). Acesse nossa plataforma web, clique uma vez no papel e estude os indicadores, ou abra a nova versão do aplicativo e analise as informações pela lâmina de empresas!

Faça parte do nosso grupo no Telegram e teste as novas versões.

Foto: Germano Lüders