Lucro do Itaú encolhe 43,1% no primeiro trimestre e vai a R$ 3,912 bilhões

Itaú Unibanco, foto de Pilar Olivares - Reuters

O Itaú Unibanco teve um lucro líquido recorrente de R$ 3,912 bilhões no primeiro trimestre de 2020, cifra 43,1% inferior em relação ao mesmo período do ano passado, quando reportou R$ 6,877 bilhões. Essa modalidade exclui fatores extraordinários.

Em relação ao trimestre anterior, quando o banco apresentou lucro de R$ 7,296 bilhões, houve uma queda ainda maior na comparação trimestral, de 46,4%.

Já o lucro líquido contábil somou R$ 3,401 bilhões nos três primeiros meses deste ano, o que representa uma queda de 49,3% na mesma base anual.

Em decorrência da queda, o Itaú também diminuiu seu retorno sobre patrimônio líquido médio anualizado (ROE), que ficou em 12,8% no primeiro trimestre deste ano. O resultado representa um recuo de 10,8 ponto percentuais na comparação com os três primeiros meses de 2019.

De acordo com o banco, o resultado mais fraco ocorreu devido ao aumento de provisões diante do atual cenário econômico no país com os impactos gerados pela pandemia de Covid-19. O Itaú aumentou em 147,2% a despesa com provisionamento para créditos de liquidação duvidosa em comparação ao primeiro trimestre de 2019, somando R$ 10,4 bilhões.

“As provisões realizadas pelo Itaú Unibanco no primeiro trimestre do ano decorrem da expressiva piora do cenário econômico para o Brasil e o mundo como consequência da pandemia de covid-19″, afirmou o vice-presidente executivo do Itaú, Milton Maluhy, por meio de nota.

Veja mais!

Pelo TradeMap Premium é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bolsa de valores (incluindo ativos americanos). Acesse o Portal TradeMap, clique uma vez no papel e estude os indicadores!

Foto: Pilar Olivares/Reuters

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp

Assine a nossa Newsletter!