Lojas Renner tem queda de 93,6% em seu lucro no 1º trimestre

Lojas Renner, foto divulgação

A Lojas Renner apresentou um lucro líquido de R$ 10,4 milhões no primeiro trimestre de 2020, o que representa uma queda de 93,6% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando havia reportado 161,6 milhões de reais.

Segundo a companhia, o lucro foi impactado pelo menor Ebitda total gerado no período, assim como do crescimento das despesas com depreciações, reflexo dos ativos fixos e investimentos realizados em períodos anteriores.

O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) foi de R$ 110,9 milhões nos três primeiros meses deste ano, cifra 64,9% inferior sobre igual período de 2019.

Enquanto isso, a receita líquida com vendas da Renner somou R$ 1,550 bilhão no trimestre encerrado em março, queda de 6,1% no comparativo anual.

Em seu release, a varejista ressalta que foi uma das primeiras empresas a adotar o fechamento temporário de suas lojas em todo o Brasil, contribuindo para o isolamento social e combate à pandemia do novo coronavírus.

Contudo, até ontem, 18,3% das Lojas Renner estavam em operação. “Os números são atualizados diariamente”, informou.

“Estamos acelerando o processo de transformação digital do negócio, com antecipação de etapas do roadmap de nossos projetos estruturantes, consequência das necessidades geradas pelo momento que vivemos.”

Resumo dos principais números da Renner
  • Lucro líquido: R$ 10,4 milhões (-93,6%)
  • Receita líquida: R$ 1,550 bilhão (-6,1%)
  • Ebitda: R$ 110,9 milhões (-64,9%)
Veja mais detalhes!

Pelo TradeMap 3.0 é possível analisar os dados financeiros e de mercado de qualquer companhia listada na bolsa de valores (incluindo ativos americanos). Acesse nossa plataforma web, clique uma vez no papel e estude os indicadores, ou abra a nova versão do aplicativo e analise as informações pela lâmina de empresas!

Faça parte do nosso grupo no Telegram e teste as novas versões.

Foto: Renner/Divulgação