Lojas Americanas tem prejuízo de R$ 162,9 milhões no 1º trimestre

Valor é três vezes maior do que um ano atrás, quando o prejuízo líquido da varejista foi de R$ 49,2.

Logo Trademap

Por:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Por:

A varejista Lojas Americanas (LAME3; LAME4) registrou um prejuízo líquido de R$ 162,9 milhões no primeiro semestre de 2021, de acordo com balanço financeiro divulgado na quinta-feira, após o fechamento de mercado. 

O valor é 231,3% maior do que o mesmo período de um ano atrás, quando o prejuízo líquido da varejista foi de R$ 49,2 milhões. De acordo com a empresa, o déficit cresceu devido ao aumento dos custos e das despesas operacionais, entre outros fatores. 





Nesse sentido, a receita líquida da empresa cresceu 29% em um ano, para R$ 5,23 bilhões, enquanto os custos aumentaram 33,9%, para R$ 3,60 bilhões. Já as despesas operacionais acumularam R$ 1,62 bilhão nos primeiros três meses do ano, cifra 43,1% na comparação anual.

O maior fator de impulso dessas despesas foram os gastos com vendas, marketing da plataforma digital e investimentos na Ame Digital, plataforma de cashback das Lojas Americanas. 

Veja também: Ame Digital, da Americanas e B2W, anuncia aquisição da fintech Nexoos

A empresa também sofreu o impacto das medidas de restrição social da pandemia, com o fechamento de 27% das suas lojas físicas. Com isso, as vendas “mesmas lojas”, que consideram unidades abertas há mais de 12 meses, recuaram 0,8%. Considerando apenas as lojas de rua, houve aumento de 6,8%.

Por outro lado, o volume bruto de vendas (GMV, na sigla em inglês) alcançou R$ 11 bilhões, 52,8% maior que um ano antes. A melhora foi atribuída pela companhia ao crescimento da plataforma digital, responsável por cerca de 76% do volume de vendas total.

O Ebitda, que é o lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização, na sigla em inglês, das Lojas Americanas também caiu no período: 16%, para R$ 489 milhões.





Leia também:   Priner: receita sobe 121% em um ano, para R$ 136 milhões

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais

TradeMap + B3 apresenta! 🤩

Banner Curso Small Caps TradeMap Educa B3 compac