Locadora de galpões Tópico pede registro de IPO à CVM

Ainda não há informações a respeito da quantidade de ações que serão ofertadas, assim como o cronograma estimado da operação

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

A Tópico, empresa que atua como locadora de galpões e com equipamentos industriais, pediu o registro junto à Comissão de Valores Mobiliários (CVM) para realizar sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês).

No prospecto preliminar, a companhia disse que pretende utilizar os recursos provenientes da tranche primária para fortalecer sua capacidade financeira e concluir eventuais aquisições para seu crescimento orgânico.





Em relação à oferta secundária, o dinheiro levantado vai direto para os acionistas vendedores. Atualmente, o principal sócio da Tópico é o fundo de private equity Southern Cross Group (SCG).

Contudo, ainda não há informações a respeito da quantidade de ações que serão ofertadas, assim como o cronograma estimado da operação.

Leia também:   Petrobras prepara follow on para se desfazer de participação na BR Distribuidora

Os bancos coordenadores são Itaú BBA (líder), Bank of America, Santander Brasil e XP.

Sobre a Tópico

Com mais de 40 anos no mercado, a companhia considera-se como a líder no segmento de locação de infraestrutura flexíveis no Brasil.

Por meio de um modelo de negócios integrado, a Tópico oferece soluções de armazenagem altamente competitivas, ágeis, modulares e customizadas a mais de 750 clientes espalhados por todo o território nacional.





Lâmina de IPO

Agora você pode analisar todos os IPOs em andamento na CVM direto pelo TradeMap!

Acesse nosso portal, clique no Módulo de Ações e, em seguida, selecione a aba “IPOs”, que fica na barra superior central da tela.

Leia também:   Tráfego de veículos nas rodovias da CCR cresce 23,6%

Por lá, você conseguirá acompanhar todas as atividades relacionadas à oferta pública inicial, como valor da operação, faixa estimada pelos coordenadores, cronograma do IPO e muito mais!

Foto: Getty Images

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp