IPCA-15 fica em 0,48% em fevereiro, puxado pela alta da gasolina

Esse foi o maior resultado para um mês de fevereiro desde 2017

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15), considerado uma prévia da inflação oficial do Brasil, ficou em 0,48% em fevereiro, após registrar alta de 0,78% em janeiro. Os dados foram divulgados na última quarta-feira, 24, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Segundo a entidade, esse foi o maior resultado para um mês de fevereiro desde 2017, quando o índice registrou avanço de 0,54 ponto percentual.

Em 12 meses, o IPCA-15 acumula alta de 4,57%, acima dos 4,30% registrados nos doze meses imediatamente anteriores. Em fevereiro de 2020, a taxa foi de 0,22%.





Com alta de 1,11%, os transportes aceleraram em relação ao resultado de janeiro (0,14%) e foi o grupo com maior impacto (0,22 pontos percentuais), puxado pela alta dos preços dos combustíveis (3,34%).

Leia também:   Setor de serviços cresce 3,7% em fevereiro, aponta IBGE

O maior impacto individual no índice do mês (0,17 p.p.) veio da gasolina, cujos preços subiram pelo oitavo mês consecutivo (3,52%). Também houve altas nos preços do óleo diesel (2,89%), do etanol (2,36%) e do gás veicular (0,61%).

Já a maior variação veio de Educação (2,39%), que contribuiu com o segundo maior impacto – 0,15 p.p. no resultado do mês. O desempenho reflete os reajustes anuais aplicados no início do ano letivo e a retirada de descontos praticados por algumas instituições de ensino ao longo de 2020, no contexto da pandemia de Covid-19.

Para ler o documento na íntegra, acesse aqui.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp