IPCA-15 fica em 0,02% em março e tem menor taxa para o mês desde o início do Plano Real

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O Índice de Preços ao Consumidor Amplo – 15 (IPCA-15) ficou em 0,02% em março, a menor taxa para o mês desde o início do Plano Real, em 1994. O resultado, divulgado nesta quarta-feira, 25, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), também aponta que houve recessão de 0,20% em relação ao número reportado em fevereiro, de 0,22%.

→ Leia também: o que é o IPCA?





Em março de 2019, o indicador (considerado como uma prévia da inflação oficial do país) atingiu a taxa de 0,54%. Com isso, o IPCA-15 acumula no ano alta de 0,95% e, nos últimos 12 meses, de 3,67%.

Segundo o IBGE, o recuo do IPCA-15 foi puxado principalmente pela queda de 16,88% no preço das passagens aéreas no grupo de transportes (-0,80%), setor que tem sido afetado diretamente pela pandemia de coronavírus, com cancelamentos e paralisações de voos. O item contribuiu com queda de 0,11% do indicador.

Além disso, os combustíveis, que haviam apresentado alta de 0,49% em fevereiro, registraram variação de -1,19% no mês de março, com as quedas da gasolina (-1,18%), do etanol (-1,06%), do óleo diesel (-1,95%) e do gás veicular (-0,89%).

O grupo de habitação (-0,28%) também registrou variação negativa, contribuindo com -0,04 p.p.

Já no lado das altas, o grupo de saúde e cuidados pessoais apresentou a maior variação (0,84%) e o maior impacto positivo (0,11 p.p.) no índice do mês. Destacam-se, ainda, os grupos alimentação e bebidas (0,35% e 0,07 p.p.) e educação (0,61% e 0,04 p.p.). Os demais grupos ficaram entre o -0,22% de vestuário e o 0,33% de comunicação.





Com o resultado, o IPCA-E, que é o IPCA-15 acumulado trimestralmente, ficou em 0,95%, abaixo da taxa de 1,18% registrada em março de 2019. 

Foto: elluisx/Pixabay

Leia também:   Camil finaliza o 4º tri com lucro de R$ 85,1 milhões

Tags:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp