EUA registram 3,169 milhões de novos pedidos de auxílio-desemprego

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Os pedidos de seguro-desemprego nos Estados Unidos continuam crescendo desde o início da crise provocado pela pandemia do novo coronavírus. Na semana passada, as solicitações atingiram a marca de 3,169 milhões, elevando o total para 33,5 milhões em sete semanas, informou nesta quinta-feira (7) o Departamento do Trabalho.

→ Leia também: Setor privado dos EUA fecha 20,2 mi de vagas de emprego em abril, diz ADP

O resultado ficou um pouco acima da projeção feita pelo The Wall Street Journal, que previa 3,050 milhões de novos pedidos ao auxílio.





Contudo, foi o menor nível de novas solicitações do seguro desde a semana de 14 de março, logo depois que a Organização Mundial de Saúde (OMS) decretou o surto do novo coronavírus como uma pandemia global e os EUA iniciarem a quarentena como medida de prevenção à doença.

Vale lembrar que os dados divulgados pelo Departamento do Trabalho norte-americano chegam um dia antes do relatório oficial sobre o mercado de trabalho da maior economia do mundo, o payroll de abril.

Foto: Unsplash

Leia também:   Banco do Brasil anuncia interrupção do IPO do Banco BV

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp