Copom deve cortar Selic em 0,75% nesta quarta-feira

livro copom Marcelo Camargo/Agência Brasil

O mercado financeiro espera uma redução de 0,75 p.p. na taxa básica de juros, a Selic, passando de 3% para 2,25% ao ano. A decisão será divulgada nesta quarta-feira, 17, após reunião do Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central.

Apesar de a autarquia deixar claro em sua última ata que este será provavelmente o último corte da Selic em 2020, a expectativa geral do mercado é observar se o Copom deixará uma porta aberta para uma futura redução na taxa devido aos recentes dados econômicos fracos do varejo.

→ Leia também: Vendas no varejo recuam 16,8% em abril, diz IBGE

Na última segunda-feira, o Boletim Focus do Banco Central divulgou que os economistas esperam que a Selic fique em 2,25% ao ano em 2020, o que deixa o corte da taxa básica quase certo para hoje.

Segundo a Agência Brasil, quando o Copom reduz a Selic, a tendência é que o crédito fique mais barato, com incentivo à produção e ao consumo, reduzindo o controle da inflação e estimulando a atividade econômica.

Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp