China suspende a importação de alguns produtos agrícolas dos EUA, diz agência

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Segundo a agência Bloomberg, autoridades da China disseram às principais empresas agrícolas do país para interromper a compra de alguns produtos agrícolas dos Estados Unidos, incluindo a soja.

A medida ocorre enquanto o governo de Pequim avalia a escalada das tensões com os norte-americanos sobre Hong Kong, disseram fontes com conhecimento sobre o assunto à Bloomberg.

As tradings estatais Cofco e Sinograin receberam ordem de suspender as aquisições, informa a agência. Além do mais, os clientes chineses também cancelaram um número não especificado de encomendas de carne suína dos EUA.





Por outro lado, empresas privadas não receberam a orientação de suspender as importações.

Com essa nova posição, há sinais de que o acordo comercial entre as duas maiores economias do mundo está em risco. A Bloomberg ressalta que, embora no mês passado o primeiro-ministro chinês Li Keqiang tenha reiterado a promessa de implementar o acordo assinado em janeiro, as tensões continuaram a aumentar desde então.

Foto: Getty Images

Leia também:   Índices futuros americanos em alta nesta quarta-feira

Tags:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp