Caixa Econômica reduz juros de capital de giro para empresas em até 45%

Caixa Econômica - Marcus Leoni Folhapress

A Caixa Econômica Federal anunciou nesta quinta-feira, 19, que reduzirá em até 45% as taxas de juros de linhas para capital de giro de micro e pequenas empresas, com taxas a partir de 0,57% ao mês.

→ Leia também: Copom reduz Selic e acompanha BCs de outros países

Além disso, o banco também informou que disponibilizará carência de até 60 dias nas operações parceladas de capital de giro e renegociação, criará linhas especiais para o comércio e serviços, com até seis meses de carência, e que vai oferecer crédito para compra de máquinas e financiamentos com taxas reduzidas e 60 meses de prazo.

Para pessoas físicas, a Caixa também anunciou novas taxas no crédito pessoal. No consignado, os juros começarão a partir de 0,99% ao mês, enquanto a mínima do penhor será de 1,99% e, no CDC, de 2,17% a.m. De acordo com o banco, as linhas de crédito também serão ampliadas.

Segundo a estatal, as novas medidas têm como apoio à economia do país, “com o objetivo de reduzir os impactos frente ao cenário de queda no índice de produtividade e diminuição da atividade econômica causados pelas ações de contenção e temor à propagação do vírus COVID-19”.

Para saber mais informações sobre as ações voltadas às pessoas físicas e habitação, clique aqui.

Foto: Marcus Leoni/Folhapress