Blau Farmacêutica define ação a R$ 40,14 e movimenta R$ 1,2 bilhão em IPO

As ações da empresa estreiam na próxima segunda-feira (19) na B3

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Após o encerramento do procedimento de bookbuilding, a Blau Farmacêutica definiu o preço por ação em sua oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês) a R$ 40,14 cada, valor abaixo da faixa estipulada pelos coordenadores da operação, que ia de R$ 44,60 a R$ 50,60.

Para emplacar o IPO, a companhia teve que reduzir em 10% o piso da faixa indicativa e retirou a oferta secundária, segundo informações em seu prospecto enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).





Inicialmente, a oferta da Blau movimentaria cerca de R$ 2,1 bilhões, considerando o ponto médio da faixa estimada pelos coordenadores, de R$ 47,60, e com a venda de 44.848.485 ações da oferta base.

Segundo a farmacêutica, os recursos provenientes da oferta serão utilizados para:

  • Expansão da capacidade produtiva e verticalização de insumos estratégicos
  • Investimentos em centros de coleta de plasma nos Estados Unidos
  • Aceleração de sua política de investimento em pesquisa e desenvolvimento de novas moléculas e medicamentos (P&D), no Brasil e no exterior
  • Expansão de seu mercado de atuação na América Latina
  • Expansão de sua capacidade produtiva e de distribuição na América Latina
  • Composição de capital de giro para novos investimentos
  • Amortização das debêntures
Leia também:   Produção da Petrobras cai 5% no primeiro trimestre, aponta relatório

As ações da empresa, que serão negociadas no segmento do Novo Mercado, estreiam na próxima segunda-feira, 19, na B3, sob o ticker BLAU3. O IPO foi coordenado por Itaú BBA, Bradesco BBI, J.P. Morgan, Citi, XP e BTG Pactual.

Sobre a Blau Farmacêutica

A Blau Farmacêutica é uma das principais empresas farmacêuticas da América Latina, responsável por produzir medicamentos de alta complexidade, voltados à saúde humana. Ela é especializada em produtos biotecnológicos e sintéticos para oncologia, nefrologia, hematologia, infectologia, dentre outras.

Estabelecida na cidade de Cotia, no centro metropolitano de São Paulo, a companhia conta com 5 plantas produtivas: São Paulo, Cotia (Sintéticos e Biotecnológicos), Caucaia e Anápolis, todas com equipamentos de alta tecnologia para produção, controle de qualidade.





Leia também:   Lucro da Ambev salta 125% em um ano, para R$ 2,76 bilhões
O que é bookbuilding?

De um modo resumido, o bookbuilding é o processo em que o coordenador da oferta estuda e avalia, em conjunto com os investidores, como seria a demanda de seus ativos no mercado.

Dessa forma, a empresa que pretende abrir capital ou fazer novas ofertas deve saber qual a intenção de compra dos acionistas e chegar a um preço razoável para o IPO ou novas ofertas (follow on). Leia mais.

Foto: Agência Brasil

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp