AES Tietê rejeita oferta de Eneva

Equipe TradeMap

Equipe TradeMap

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

O conselho administrativo da AES Tietê rejeitou por unanimidade a oferta hostil, quando não solicitada, feita pela Eneva Energia para combinação de negócios.

→ Leia também: Eneva propõe fusão com AES Tietê para “gigante do setor de geração”





Em nota, a empresa afirma que seu conselho rejeitou a proposta por “entender que seus termos e condições são inadequados ao melhor interesse da companhia e do conjunto de seus acionistas”.

A AES Tietê listou algumas razões para rechaçar a oferta da Eneva, entre elas o modelo diferente das companhias. Enquanto a AES é uma geradora baseada em hidrelétricas, a Eneva usa termelétricas.

“Nesse sentido, o conselho de administração da companhia entende que a combinação de negócios objeto da proposta hostil não é aderente aos princípios perseguidos pela AES Tietê, sendo contrária ao planejamento estratégico e operacional da companhia e pondo em risco a manutenção de seu modelo de negócios sustentável”, escreveu a elétrica em fato relevante divulgado ontem à noite.

Bolsa de Valores

Às 10h42, as units da AES Tietê e os ativos ordinários da Eneva registravam alta de 0,27% e queda de 1,06%, respectivamente, no pregão desta segunda-feira, 20, na bolsa brasileira. Acompanhe a cotação em tempo real com o TradeMap.

AES Tietê e Eneva, às 10h42, no TradeMap

Foto: Divulgação

Leia também:   Via registra alta de 1284,6% no lucro do 1º tri, para R$ 180 mi

Tags:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp