Coty Brasil protocola pedido de IPO na CVM

Os recursos da tranche primária serão utilizados para expansão da área digital da companhia e desenvolvimento de produtos

Foto: Coty

Logo Trademap

Por:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Por:

A Coty Brasil protocolou na última quarta-feira, 25, um pedido para realizar sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na bolsa brasileira.

Apesar de ainda não constar informações referentes à quantidade de papéis que serão ofertados ou datas relacionadas à operação, como dia de estreia na B3, a operação contará com distribuição primária (quando o dinheiro levantado vai direto para o caixa da empresa) e secundária (quando os atuais acionistas vendem parte ou a totalidade de suas fatias).





De acordo com o prospecto preliminar entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os recursos da tranche primária serão utilizados para expansão da área digital da companhia (com aceleração do e-commerce e marketing) e desenvolvimento de produtos.

Leia também:   IRB Brasil: Werner Süffert deixa os cargos de CFO e IRO

O IPO será coordenado por Bank of America (líder), Itaú BBA e Santander Brasil.

Coty

Com mais de 100 anos no mercado, a Coty, que possui em seu catálogo as marcas Monange e Risqué, diz ser uma das quatro maiores indústrias de beleza e cuidados pessoais de varejo do Brasil em participação de mercado e a segunda maior em termos de penetração, de acordo com a pesquisa feita pela Nielsen Retail Panel em 2020.

“Temos como proposito democratizar a beleza e torná-la cada vez mais acessível à população, especialmente para a classe média, com base em nosso vasto portfólio de marcas de qualidade e preços justos”, destaca a companhia no documento enviado ao órgão regulador do mercado de capitais.

Leia também:   Alliar: Fernando Terni renuncia ao cargo de CEO; vice-presidente de operações assume

De janeiro a junho deste ano, a companhia acumula uma receita líquida de R$ 605 milhões, contra R$ 525 milhões no mesmo período do ano passado.





O lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado também cresceu em um ano, passando de R$ 100 milhões para R$ 116 milhões.

Lâmina de IPO

Agora você pode analisar todos os IPOs em andamento na CVM direto pelo TradeMap!

Acesse nosso portal, clique no Módulo de Ações e, em seguida, selecione a aba “IPOs”, que fica na barra superior central da tela.

Por lá, você conseguirá acompanhar todas as atividades relacionadas à oferta pública inicial, como valor da operação, faixa estimada pelos coordenadores, cronograma do IPO e muito mais!

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no facebook
Compartilhar no whatsapp
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais

TradeMap + B3 apresenta! 🤩

Banner Curso Small Caps TradeMap Educa B3 compac