Azul planeja investir R$ 6 bilhões por ano no Brasil

Companhia Azul

Segundo o CEO da Azul, John Rodgerson, a companhia aérea pretende investir R$ 6 bilhões por ano no Brasil durante os próximos três anos, como medida de expandir seus negócios no país. O executivo disse que, para o ano que vem, a empresa quer quebrar recordes com a adição de mais aeronaves e inaugurar entre seis e oito novas cidades.

Até o fim de 2019, a Azul terá transportado cerca de 28 milhões de clientes. Em 2020, a companhia quer passar a marca de 30 milhões.

“Temos 31 novas aeronaves chegando. Vamos receber duas por mês, pelo menos. Cada aeronave tem mais assento e vai permitir a Azul voar mais horas por dia”, disse Rodgerson, durante uma conversa com jornalistas, na tarde de ontem, 10. “Com mais assento, teremos muito mais oferta no Brasil”, finalizou.

Dessa forma, a empresa aérea deve alcançar quase mil voos por dia neste mês. De acordo com o CEO, com mais voos, a companhia contratará mais funcionários. Apenas em 2019, foram 2 mil novas vagas.

Por fim, o presidente da Azul disse que a estratégia é doméstica. “Há muitos brasileiros que já foram para Miami e não conhecem Foz do Iguaçu.” Rodgerson ainda afirmou que a companhia quer mudar isso, ajudando o “Brasil decolar”.

→  Leia também: Conselho administrativo da Azul aprova joint ventura com TAP

Ibovespa

Às 14h13, os papéis preferenciais da Azul (AZUL4) registravam alta de 0,26% em comparação ao fechamento de ontem. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap.

Azul, às 14h13, no TradeMap
Azul, às 14h13, no TradeMap
googleplay
appstore

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp

Assine a nossa Newsletter!