Navegue:
Oncoclínicas (ONCO3) decide recomprar ações após preço atingir mínima histórica

Oncoclínicas (ONCO3) decide recomprar ações após preço atingir mínima histórica

Preço mais baixo para o fechamento foi registrado em 20 de junho, quando o papel encerrou o pregão a R$ 4,21

Médico com exame na tela de um computador

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

A Oncoclínicas, empresa do ramo de serviços médicos, anunciou na noite de quarta-feira (6) que realizará um programa de recompra de ações.

No total, a empresa vai adquirir até 14 milhões de papéis ordinários, o equivalente ao máximo de 8,8% do total em circulação atualmente. O prazo máximo para realizar o processo é de 18 meses contados a partir de quarta, informou a companhia.

Considerando o preço do fechamento de ontem, de R$ 4,59 por papel, a Oncoclínicas desembolsaria cerca de R$ 64,2 milhões na operação.

Vale ressaltar que as ações da empresa têm sido negociadas por um valor próximo da mínima histórica. O preço mais baixo para o fechamento registrado foi no dia 20 de junho, quando o papel encerrou o pregão a R$ 4,21.

De acordo com a Oncoclínicas, as ações que a empresa irá recomprar serão utilizadas para manutenção em tesouraria, cancelamento, alienação e/ou para atender exercícios sob os planos de incentivos de longo prazo outorgados pela companhia.

Com isso, espera “maximizar a geração de valor para os acionistas da empresa por meio de uma administração eficiente da estrutura de capital”.

⇨ Acompanhe seus ganhos e gastos e cuide melhor do seu dinheiro. Baixe o GranaMap!

Compartilhe:

Compartilhe: