Navegue:
Embraer aprova cisão parcial da subsidiária de aviação comercial Yaborã

Embraer aprova cisão parcial da subsidiária de aviação comercial Yaborã

Parcela cindida será incorporada pela Embraer em janeiro do próximo ano

Embraer divulgacao

Foto: Embraer/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A Embraer (EMBR3) informou na quinta-feira, 28, que seu conselho de administração aprovou a cisão parcial de sua subsidiária integral Yaborã Indústria Aeronáutica. A parcela cindida será incorporada pela Embraer a partir de 1º de janeiro de 2022. 

De acordo com o fato relevante enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a operação permitirá que os negócios de aviação comercial voltem a ser desenvolvidos diretamente pela Embraer. Assim, os custos operacionais, sistêmicos e tributários sofrerão redução. 

A empresa disse estimar que os custos de realização da incorporação sejam de aproximadamente R$ 150 milhões, incluídas as despesas com publicações e profissionais contratados para a operação. 

“A Embraer continuará a se dedicar ao desenvolvimento, fabricação e comercialização de aeronaves e materiais aeroespaciais nos diversos segmentos de atuação da Embraer, mantendo o seu registro de companhia aberta”, afirmou a companhia no documento.  

A transação ainda está sujeita à aprovação dos acionistas da fabricante de aeronaves. 

As ações da companhia (EMBR3) operam em queda nesta sexta-feira. Por volta das 14h47, os papéis recuavam 1,88%, a R$ 21,95. 

Compartilhe:

Compartilhe: