Navegue:
Guilherme Aché, da Squadra, é presença confirmada no TradeMap Discovery; saiba mais sobre o gestor

Guilherme Aché, da Squadra, é presença confirmada no TradeMap Discovery; saiba mais sobre o gestor

Aché ganhou os holofotes do mercado ao revelar o escândalo contábil da resseguradora IRB

o sócio-fundador da Squadra Investimentos

Foto: Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

Sócio-fundador da Squadra Investimentos, gestora com foco em ações responsável por cerca de R$ 6,5 bilhões em ativos, Guilherme Aché também é conhecido por sua atuação anterior como chefe da área de análise de empresas do Banco Pactual e diretor da gestora JGP. Recentemente, contudo, o gestor ganhou maior notoriedade após revelar o escândalo contábil da resseguradora IRB (IRBR3).

A Squadra ganhou os holofotes do mercado em 2020, quando lançou questionamentos sobre os números do IRB, cujas ações estavam em alta entre os investidores naquela época.

Em março de 2020, a gestora publicou uma carta com centenas de páginas argumentando que a lucratividade reportada pela resseguradora não correspondia à realidade.

Após um longo percurso, o IRB precisou trocar a gestão e, em uma investigação independente, foi revelado que os balanços de 2019 teriam sido alterados em R$ 550 milhões, além de ter sido descoberta uma fraude de pelo menos R$ 60 milhões nos bônus de executivos.

Assim como no caso IRB, o mercado sempre está de olho nas indicações da Squadra quando o assunto diz respeito às suas posições short (ou seja, de aposta na queda) de ações na bolsa. No caso da resseguradora, a gestora assumiu uma posição vendida que ajudou o fundo Squadra Long-Biased FIC FIA a render 12,1% em 2020, ano em que o Ibovespa subiu apenas 2,92%.

Em participação no podcast Outliers, do portal InfoMoney, Aché falou sobre o caso IRB e compartilhou a receita para encontrar uma posição short perfeita: a aposta na queda em um negócio ruim, gerido por pessoas incompetentes, alavancado financeiramente, com fraude nos balanços e preço alto nas ações.

Graduado em economia pela Faculdade Cândido Mendes, em 1991, Aché começou no mercado financeiro como estagiário do Banco Pactual, hoje BTG Pactual (BPAC11), no qual fez carreira e se tornou chefe da área de análise de empresas.

Na instituição, foi convidado por André Jakurski e pelo atual ministro da Economia Paulo Guedes para integrar o time que fundou a gestora JGP, em 1998. Na casa, Aché foi portfolio manager com foco em investimentos em ações no Brasil e em mercados emergentes.

Em 2007, Aché decidiu fundar a Squadra Investimentos, hoje uma das mais importantes gestoras do mercado brasileiro.

Veja também:
TradeMap Discovery: Conheça Zeina Latif, uma das economistas mais influentes do Brasil, com presença confirmada no evento

Aché é um dos palestrantes do TradeMap Discovery, evento gratuito e com transmissão ao vivo pelo Youtube, que acontece entre os dias 16 e 18 de maio a partir das 19h.

Promovido pelo TradeMap, o evento terá um painel com a participação de Aché na terça-feira (17), ao lado de Zeina Latif, atual secretária de Desenvolvimento Econômico de São Paulo, e de Gustavo Cerbasi, referência em educação financeira. O tema do debate será: “Economia x Mercados: como os grandes eventos deste ano podem afetar seus investimentos?”. Inscreva-se aqui!

Compartilhe: