Navegue:
Grupo Soma (SOMA3) tem lucro 86% maior no quarto trimestre, de R$ 74,2 milhões

Grupo Soma (SOMA3) tem lucro 86% maior no quarto trimestre, de R$ 74,2 milhões

Companhia destacou que atingiu recorde no número de clientes ativos

Farm Grupo Soma

Farm é uma das marcas do Grupo Soma. Foto: Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

O Grupo Soma, dono das marcas de roupas Farm e Animale e que comprou a Hering em 2021, registrou um lucro líquido ajustado de R$ 74,2 milhões no quarto trimestre do ano passado, uma alta de 86% no comparativo com igual período anterior.

No acumulado de 2021, o montante foi de R$ 226,1 milhões, resultado 563% maior que os R$ 34,1 milhões registrados em 2020.

A margem também cresceu tanto nos comparativos entre os últimos trimestres quanto entre 2020 e 2021. No quarto trimestre do ano passado, atingiu 11,3%, 2,9 pontos percentuais maior que no mesmos meses anteriores. No ano de 2021 a margem líquida ficou em 10,9%, sendo 8,2 pontos percentuais maior que os 2,7% de 2020.

O Ebitda (lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado, por sua vez, cresceu 71,9% entre outubro e dezembro de 2021 no comparativo com o mesmo período em 2020, para R$ 116,7 milhões. Na mesma base de comparação, a margem ficou em 17,7%, um avanço de 3,4 pontos percentuais.

Em 2021, o Ebitda ajustado cresceu 415,9%, passando de R$ 66,5 milhões para R$343,1 milhões. Enquanto isso, a margem cresceu 11,3 pontos percentuais no mesmo comparativo, passando de 5,3% para 16,6%.

Fonte: Grupo Soma
Fonte: Grupo Soma

Receita e base de clientes

A receita do Grupo Soma também cresceu no quarto trimestre. No comparativo com o mesmo trimestre em 2020, apresentou uma melhora de 38,6% e atingiu R$ 658,1 milhões. Ao compararmos 2021 com 2020, houve crescimento de 67,1%, para R$ 2,07 bilhões.

A companhia afirma, em relatório sobre o desempenho trimestral, que os resultados em 2020 se devem a uma boa gestão das marcas durante a pandemia de Covid-19. “O grupo se apropriou das oportunidades geradas no cenário da pandemia que permitiram acelerar crescimento e ganho de market share, o que se verifica no incremento da base ativa de clientes de forma recorrente”, diz.

A base ativa de clientes da companhia cresceu 30,5% no quarto trimestre de 2021 em relação ao mesmo período em 2020, para 1,4 milhão de pessoas. O grupo destaca que a quantidade é recorde na história da empresa, e foi reflexo do retorno dos clientes às lojas físicas e da continuidade de crescimento no e-commerce.

Fonte: Grupo Soma
Fonte: Grupo Soma

Em relatório, a XP avaliou os resultados da empresa como sólidos e positivos, e destacou que o crescimento do faturamento no trimestre em cada marca do Grupo Soma foi maior que no último trimestre de 2019, período anterior à pandemia.

Para 2022

No balanço financeiro, o Soma informou também que os primeiros dois meses de 2022 já apresentam um crescimento de 58,8% nas vendas em relação a janeiro e fevereiro de 2020. Além disso, a demanda por suas marcas está aquecida nos showrooms de coleções para 2022, tanto aqui no Brasil quanto em outros países.

A XP acredita que esses números preliminares dão são bons indicativos para o desempenho do Grupo Soma em 2022.

Compartilhe:

Compartilhe: