Navegue:
Gerdau (GGBR4): lucro líquido cresce 237% e chega a R$ 3,56 bilhões no 4º trimestre

Gerdau (GGBR4): lucro líquido cresce 237% e chega a R$ 3,56 bilhões no 4º trimestre

Desempenho foi o melhor da história, puxado por crescimento na produção e alta nos preços, informou a companhia

Gerdau - shutterstock

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

A Gerdau (GGBR4), empresa siderúrgica líder em produção de aço no Brasil, registrou lucro líquido de R$ 3,56 bilhões no quarto trimestre do ano passado, alta de 237% em relação a igual trimestre do ano anterior.

Os números foram divulgados no balanço financeiro da empresa, publicado na Comissão de Valores Imobiliários (CVM) nesta quarta-feira (23).

Com isso, a empresa teve, em 2021, um lucro líquido de R$ 15,5 bilhões, avanço de 552% em comparação a 2020.

Segundo a Gerdau, em 2021, o desempenho foi o melhor da história da companhia. O resultado foi puxado pelo crescimento de 9% na produção, para 13,3 milhões de toneladas de aço, e pela alta nos preços.

A receita líquida do quarto trimestre do ano passado também cresceu no comparativo anual, apresentando um avanço de 58,3%, aos R$ 21,55 bilhões.

O lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ajustado foi de R$ 5,98 bilhões no último trimestre de 2021, correspondendo a uma alta de 61% em relação a igual período anterior. A margem Ebitda ajustada caiu de 32,9% para 27,8%.

Fonte: Gerdau
Fonte: Gerdau

“O Ebitda ajustado e a margem Ebitda ajustada do quarto trimestre foram recordes históricos para todos os quartos trimestres (…). Estes resultados refletem o estágio atual de demanda no setor de aço em todos os países nos quais a companhia atua, somado à capacidade das equipes de capturarem as oportunidades de mercado”, afirma a Gerdau em comunicado.

A dívida líquida da companhia diminuiu no comparativo entre os três últimos meses de 2021 e os mesmos de 2020. No dia 31 de dezembro de 2020, o montate era de R$ 9,85 bilhões, e no mesmo dia de 2021, de R$ 7,25 bilhões.

Fonte: Gerdau
Fonte: Gerdau

Dividendos e projeções para 2022

A Gerdau também divulgou o cronograma para o pagamento de dividendos. No total, a companhia distribuirá R$ 341,1 milhões. Segundo o comunicado, os valores serão pagos baseados nas posições dos acionistas em 7 de março de 2022.

Os acionistas da Gerdau receberão dividendos de R$ 0,20 por ação no dia 16 de março. Já quem detém papéis da metalúrgica da Gerdau receberá R$ 0,10 por ação no dia 17 do mesmo mês.

Para 2022, a siderúrgica aprovou um novo plano de investimentos no valor de R$ 4,5 bilhões, que inclui o montante postergado do ano de 2021. “Esse plano de investimentos está dividido nos eixos de manutenção e de expansão e atualização tecnológica”, diz a Gerdau.

Fonte: Gerdau
Fonte: Gerdau

Os projetos de manutenção estão associados ao conceito de reinvestimento da depreciação ao longo dos anos, com o objetivo de manter o desempenho operacional das plantas.

Já os projetos de expansão e atualização tecnológica, estão relacionados ao crescimento de produção, aumento de rentabilidade e modernização das plantas, tendo como premissas o aprimoramento das práticas ambientais, sociais e de governança (ESG) e o desenvolvimento sustentável, informou a companhia.

Compartilhe: