Navegue:
Embraer tem prejuízo de R$ 180 milhões no 3º trimestre

Embraer tem prejuízo de R$ 180 milhões no 3º trimestre

No trimestre imediatamente anterior, fabricante de aeronaves havia reportado lucro de R$ 212,8 milhões

Embraer divulgacao

Foto: Embraer/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A Embraer registrou um prejuízo líquido ajustado de R$ 179,7 milhões no terceiro trimestre de 2021, ante prejuízo de R$ 797,5 milhões no mesmo intervalo de 2020, o que representa uma queda de 77,4%. No trimestre imediatamente anterior, a fabricante de aeronaves havia reportado lucro líquido de R$ 212,8 milhões.

O resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebitda, na sigla em inglês) ficou em R$ 380,7 milhões, contra R$ 1 milhão apresentado há um ano. A margem do indicador, por sua vez, fechou o trimestre encerrado em setembro a 7,6%.

Em termos ajustados, o Ebitda da companhia foi de R$ 410,7 milhões, ante saldo negativo de R$ 40,7 milhões em igual período de 2020. A margem Ebitda ajustada ficou em 8,2%.

Já a receita líquida da Embraer cresceu 22,5% na base ano a ano, de R$ 4,090 bilhões para R$ 5,010 bilhões. Segundo a empresa, houve aumento de dois dígitos em todos os segmentos de negócio.

No terceiro trimestre, a fabricante brasileira entregou nove jatos comerciais e 21 aeronaves executivas (14 jatos leves e sete grandes), totalizando 30 unidades entregues no período.

“A Embraer reitera sua estimativa de entregas para 2021 de 40 a 45 jatos comerciais e de 90 a 95 jatos executivos, com a expectativa de aumento no volume de entregas no quarto trimestre, como costuma ocorrer devido à sazonalidade do negócio”, destacou a empresa em nota entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

No pregão de ontem, as ações da companhia (EMBR3) encerraram em queda de 3,18%, a R$ 21,71. Contudo, os papéis acumulam ganhos de 230% em um ano na B3 e estão entre as maiores altas no período, ficando atrás somente dos ativos da PetroRio (PRIO3), que registram alta de 243% na base anual.

Confira mais indicadores sobre a companhia na Lâmina de Empresas do TradeMap

Compartilhe:

Tags:

Compartilhe: