Navegue:
Embraer (EMBR3) recebe pedido de US$ 3,9 bilhões da americana Azorra

Embraer (EMBR3) recebe pedido de US$ 3,9 bilhões da americana Azorra

Acordo permite que empresa adquira 20 novos aviões da família E2, além de mais 30 direitos de compra

Embraer Divulgacao
Por:

Compartilhe:

Por:

A Embraer (EMBR3) anunciou nesta segunda-feira que recebeu um pedido da americana Azorra para a compra de até 50 aeronaves dos tipos E190-E2 e E195-E2.

Segundo comunicado, o acordo é flexível e permite que a companhia adquira 20 novos aviões da família E2, além de mais 30 direitos de compra. A preços de tabela, a encomenda é avaliada em US$ 3,9 bilhões.

As entregas terão início em 2023. Atualmente, a Azorra já possui 21 aeronaves da Embraer. A americana é uma empresa de aluguel, ou leasing, de aeronaves com sede na Flórida. Possui modelos executivos, regionais e comerciais.

A parceria não é a primeira entre as duas empresas. Em dezembro de 2021, assinaram um acordo para a compra de 200 eVTOLs, aeronaves elétricas de decolagem e pouso vertical da Eve, subsidiária da Embraer.

Para John Evans, CEO da Azorra, a compra reforça a  da em aposta presa em veículos mais modernos e sustentáveis. “Esse compromisso reforça nossa crença no E2, uma família de aeronaves modernas com desempenho econômico e ambiental superior, proporcionando à Azorra uma excelente oportunidade para estabelecer uma posição de liderança nos mercados em que servimos”, afirmou.

Em comunicado, Arjan Meijer, CEO da Embraer, agradeceu à empresa pela escolha do E2. “Com esta encomenda de 20 aeronaves E2, a Azorra endossou ainda mais o valor excepcional que a próxima geração da família E2 traz para o mercado como a aeronave mais silenciosa e eficiente do segmento”, disse.

Compartilhe:

Compartilhe: