Navegue:
Dois por um: quem tinha Bradespar (BRAP4) vai levar ações da Vale (VALE3)

Dois por um: quem tinha Bradespar (BRAP4) vai levar ações da Vale (VALE3)

A Bradespar, braço de participações do Bradesco, fará uma distribuição de 41% da sua fatia da Vale por meio de redução de capital

Bradespar
Por:

Compartilhe:

Por:

Os acionistas que detinham participação nas ações da Bradespar terão direito a um percentual de ações da Vale a partir desta segunda-feira, dia 20 de dezembro.

A Bradespar fará uma distribuição de 41% da sua fatia da Vale por meio de redução de capital. Serão distribuídas 130,6 milhões de ações da mineradora, na proporção de 0,332373453 ação de emissão da Vale para cada ação de emissão da Bradespar. Tiveram direito os acionistas inscritos no registro da Bradespar em 16 de dezembro.

Entenda o movimento

Tudo começou com a Bradespar comunicando, em setembro, o aumento do seu capital social, de R$ 4,10 bilhões para R$ 5,76 bilhões, mediante a entrega de ações (bonificação) para os acionistas da companhia, o que totaliza cerca de 45 milhões de ações (BRAP3 e BRAP4), com o objetivo de aumentar a liquidez.

Esse aumento do capital social foi feito através da incorporação da conta “Reserva de Lucros”. Posteriormente a isso, o conselho de administração da Bradespar votou em Assembleia Geral Extraordinária uma redução de seu capital, no dia 15 de outubro. Com a aprovação, o capital social da holding passou de R$ 5,26 bilhões para R$ 500,12 milhões. Sem o cancelamento de ações, a Bradespar optou por entregar, aos seus acionistas, ações ordinárias da Vale (VALE3).

Com isso, os acionistas com posição até o dia 16 de dezembro tiveram o direito de receber 130.654.877 ações, que perfazem a proporção de 0,332373453 ação de emissão da Vale para cada ação de emissão da Bradespar, independentemente da sua espécie ou classe. Enquanto isso, os detentores de Depositary Receipts (DRs) receberão as ações da Vale na mesma proporção aplicada aos demais acionistas da companhia.

Com esses movimentos, a partir de hoje, a Bradespar, que detém 5,73% do capital votante da Vale, reduzirá sua participação para 3,23% na mineradora.

Objetivo

Segundo a companhia, o objetivo é aumentar a liquidez das ações no mercado, considerando que uma quantidade maior de ações em circulação tende a gerar incremento nas operações realizadas, além de ajustar a cotação das ações, o que tornaria o preço por ação mais atrativo e acessível a um maior número de investidores.

O plano da companhia não envolve apenas aumentar a liquidez dos papéis, mas também diminuir o nível de desconto de holding, que na visão da empresa não é justificado no atual patamar.

A holding refere-se à tendência dos mercados de avaliar um grupo diversificado de negócios e ativos por menos do que a soma de suas partes. A holding detém sua receita através do retorno sobre os ativos mantidos para fins de investimento. Com isso, o valor de uma holding é significativamente menor do que o valor da soma de suas partes controladas.

Outro ponto é uma manobra contábil para as mudanças que podem surgir com a reforma tributária. A possível taxação de dividendos poderá impactar negativamente a holding, já que geraria um passivo tributário para a Bradespar.

Sobre a companhia

A Bradespar S.A. (BRAP4) é uma holding que foi criada a partir de um desmembramento do Bradesco nos anos 2000 para administrar as participações acionárias que o banco privado tinha em empresas não financeiras. A atuação da companhia de investimentos se dá através de participações relevantes em empresas que sejam líderes em seus setores de atuação. Desde 2019, a Bradespar detém ações da Vale como única empresa em seu portfólio de companhias investidas, totalizando 5,73% do capital votante total da mineradora.

Os resultados da Bradespar vêm exclusivamente da equivalência patrimonial que a holding detém na Vale, que tem apresentado crescimento, refletindo os maiores preços de minério de ferro, e aos maiores volumes de vendas.

 

Lucro liquido da Bradespar 1
Fonte: TradeMap

Como estão as ações no mercado

As ações da Bradespar BRAP4, nesta segunda-feira, estão com queda de 3,24%, cotada a R$ 22,38. No ano, até o dia 17 de dezembro, as ações da companhia apresentaram queda de 58,34%. Enquanto isso, as ações da Vale (VALE3) estão com queda de 1,29%, sendo cotada a R$ 78,15 por ação, às 11h40. No ano, a ação está com ganho de 5,10%, até o dia 17 de dezembro de 2021.

cotacao bradespar e Vale 1
Fonte: TradeMap

 

Compartilhe:

Compartilhe: