Navegue:
De olho no mercado financeiro, Sinqia (SQIA3) adquire fatia de empresa de softwares para gestão de risco

De olho no mercado financeiro, Sinqia (SQIA3) adquire fatia de empresa de softwares para gestão de risco

Companhia adquiriu 52% da Lote45 por R$ 79,5 milhões

Sinqia Divulgacao

Foto: Divulgação

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A Sinqia (SQIA3) deu continuidade à sua estratégia de aquisições e comunicou, em fato relevante publicado na noite desta terça-feira, dia 18, a compra de 52% da Lote45, empresa especializada em softwares para gestão de risco, por R$ 79,5 milhões, além de uma parcela adicional condicionada à receita de 2022.

Os objetivos da transação, segundo a companhia, são “fortalecer sua posição como provedora líder de tecnologia para o sistema financeiro, com um portfólio de produtos abrangente e uma base de clientes robusta, e estabelecer uma suíte completa e integrada para todos os participantes da indústria de fundos de investimento”.

Os softwares desenvolvidos pela Lote45 são utilizados por mais de cem clientes do setor de fundos de investimento, segundo a Sinqia, principalmente family offices e gestores de recursos.

Em 2021, a receita bruta da Lote45 foi de R$ 33 milhões e a margem Ebitda, de R$ 14 milhões.

Além da participação adquirida, a Sinqia poderá comprar o restante do capital social da Lote45 mediante exercício de opção de compra. O preço dependerá da receita líquida e da margem Ebitda da empresa em 2026.

Mais uma empresa no carrinho

A aquisição da fatia na Lote45 ocorre menos de um mês depois da compra da NewCon, fintech especializada em softwares para administradoras de consórcio, por R$ 422,5 milhões.

Essa aquisição, segundo fato relevante publicado em 22 de dezembro, teve o objetivo de “acelerar a penetração das soluções de onboarding digital, assinatura digital e cobrança digital no mercado de consórcios”.

Dinheiro na carteira

As iniciativas de aquisição da Sinqia ocorrem meses depois de a empresa ter levantado R$ 400 milhões em uma oferta subsequente de ações (follow-on) em setembro de 2021. Com a oferta, o capital social da Sinqia passou a ser de R$ 813,3 milhões, dividido em mais de 87 milhões de ativos ordinários.

Na ocasião, a companhia disse que os recursos líquidos seriam utilizados para seu crescimento inorgânico, especialmente na ampliação de sua participação no mercado de softwares aplicativos para o setor financeiro.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp