Navegue:
Pfizer e BioNTech fecham acordo com Eurofarma para produzir vacina no Brasil

Pfizer e BioNTech fecham acordo com Eurofarma para produzir vacina no Brasil

A produção da vacina contra a covid-19 será destinada exclusivamente para a América Latina

Foto: Pfizer/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A Pfizer (Nyse: PFE) e a BioNTech (Nasdaq: BNTX) anunciaram nesta quinta-feira, 26, que assinaram acordo com a farmacêutica brasileira Eurofarma para a produção da vacina contra a covid-19 no Brasil, com distribuição exclusiva na América Latina.  

De acordo com a nota à imprensa, a companhia brasileira irá fazer atividades de fabricação dentro da cadeia de fornecimento e rede de fabricação das vacinas globais das empresas, que agora se estenderá por quatro continentes e incluirá mais de 20 instalações de fabricação.  

A Eurofarma irá receber o produto de instalações nos Estados Unidos. Enquanto isso, a fabricação das doses acabadas deverá ter início no próximo ano. 

Segundo o comunicado, quando atingir plena capacidade operacional, sua produção anual deverá ser acima de 100 milhões de doses.  

“Nossa nova colaboração com a Eurofarma expande nossa rede global de cadeia de suprimentos, nos ajudando a continuar fornecendo acesso justo e equitativo à nossa vacina”, afirmou Albert Bourla, presidente e CEO da Pfizer. 

“Continuaremos a explorar e buscar oportunidades como esta para ajudar a garantir que as vacinas estejam disponíveis para todos os que precisam”, concluiu. 

De acordo com o CEO e co-fundador da BioNTech, Ugur Sahin, em conjunto com a Pfizer, a companhia já entregou mais de 1,3 bilhão de doses da vacina e espera somar 3 bilhões de doses ao final de 2021.  

“A parceria de hoje é um passo importante para ampliar o acesso às vacinas na América Latina e além, expandindo nossa rede de fabricação global”, disse Sahin.  

“Continuaremos a capacitar pessoas em todo o mundo a produzir e distribuir nossa vacina, garantindo a qualidade do processo de fabricação e das doses.” 

Compartilhe: