Navegue:
Ultrapar faz acordo de exclusividade para venda da Oxiteno

Ultrapar faz acordo de exclusividade para venda da Oxiteno

A compradora é a tailandesa Indorama, que já possui operação no complexo portuário de Suape, em Pernambuco

oxiteno - ultrapar
Por:

Compartilhe:

Por:

O Grupo Ultrapar (UGPA3), dono da rede de postos Ipiranga, fechou um acordo de exclusividade para a venda da sua unidade química Oxiteno, de acordo com o Estadão. A compradora é a tailandesa Indorama, que deve pagar algo em torno de US$ 1,2 bilhão pelo negócio.

A Oxiteno produz defensivos agrícolas e matérias-primas usadas para a fabricação de detergentes, entre outros produtos. A unidade possui 11 fábricas espalhadas entre Brasil, Estados Unidos, México e Uruguai, além de cinco centros de pesquisa e desenvolvimento e oito escritórios comerciais nas Américas, Europa e Ásia.

A venda da operação faz parte da nova estratégia de negócios do Ultra, de concentrar seus recursos e esforços no mercado de óleo e gás. 

Dentro disso, a companhia vendeu a rede de farmácias Extrafarma para a concorrente Pague Menos por R$ 700 milhões. Valor R$ 300 milhões abaixo do pago há sete anos. 

Com o acordo de exclusividade, o fundo de private equity Advent e a fabricante norte-americana de produtos químicos Stepan, que eram potenciais compradores, ficam de fora do negócio. 

Em 2018, a tailandesa Indorama comprou os ativos da italiana M&G no Brasil, com isso herdou uma fábrica no complexo portuário de Suape, em Pernambuco, onde atualmente produz resina PET.

A entrega das propostas firmes de compra pelo ativo do Ultra ocorreu no fim do mês passado. O Bank of America trabalha como assessor financeiro da operação.

Compartilhe:

Compartilhe: