Navegue:
Petrobras registra queda de 0,8% na produção de petróleo durante o 2º trimestre

Petrobras registra queda de 0,8% na produção de petróleo durante o 2º trimestre

De acordo com a estatal, a queda é explicada pelo declínio natural de campos e desinvestimentos realizados

Petrobras/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A Petrobras produziu cerca de 2,226 milhões de barris por dia (bpd) de petróleo no segundo trimestre deste ano, o que representa uma queda de 0,8% em relação ao mesmo período de 2020. Os dados foram divulgados na última quinta-feira, 22, por meio de seu relatório de produção e vendas.

De acordo com a estatal, a queda é explicada pelo declínio natural de campos e desinvestimentos realizados, mesmo com o avanço no pré-sal.

Por outro lado, em comparação com o 1º trimestre de 2021, houve expansão de 1,4% na produção da petroleira, principalmente devido ao aumento da produção nas plataformas novas P-68, nos campos de Berbigão e Sururu, e P-70, no campo de Atapu.

Pré-sal

Em relação ao pré-sal, a produção da Petrobras apresentou alta de 6,1% na comparação anual, para 1,620 milhões de bpd. Quanto ao comparativo com o primeiro trimestre, a companhia produziu cerca de 3,4 a mais.

Segundo a estatal, esse crescimento ocorreu devido à alavancagem das plataformas P-68 e P-70, e à estabilização dos níveis de produção das plataformas que realizaram paradas programadas no 1º trimestre do ano.

“Além disso, registramos melhor performance nas plataformas P-74 e P-76 (campo de Búzios). Esses efeitos foram parcialmente compensados pela parada programada da P-58 (campo de Jubarte)”, destacou a empresa.

Produção total

Enquanto isso, a produção total de petróleo e gás natural (Brasil e exterior) somou 2,796 milhões de barris de óleo equivalente ao dia (boed) no 2º trimestre, uma leve queda de 0,2% em relação há um ano e expansão de 1,1% frente aos três primeiros meses de 2021.

Abra aqui e confira o relatório completo da Petrobras.

Foto: Petrobras/Divulgação

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp