Navegue:
OceanPact anuncia acordo de R$ 2,7 milhões mensais com o Sindmar; ações caem mais de 27%

OceanPact anuncia acordo de R$ 2,7 milhões mensais com o Sindmar; ações caem mais de 27%

O acordo terá vigência de dois anos e abrange os oficiais e eletricistas que trabalham nas embarcações

oceanpact divulgacao
Por:

Compartilhe:

Por:

OceanPact (OPCT3) registrou forte queda no pregão desta segunda-feira, 26, caindo mais de 27% após seu anúncio de acordo coletivo de trabalho (ACT) com o Sindicato Nacional dos Oficiais da Marinha Mercante (Sindmar) abrangendo os oficiais e eletricistas que trabalham em suas embarcações. 

De acordo com o fato relevante, a empresa projeta que o impacto deste ACT, em conjunto com outros acordos coletivos ainda em negociação, seja da ordem de R$ 2,7 milhões no custo mensal de pessoal. 

O acordo, com vigência de dois anos, confere um reajuste salarial aos trabalhadores considerando a correção integral da inflação, medida pelo INPC, entre fevereiro de 2016 e janeiro 2021, correspondente a 36,28%. 

Esse percentual incidirá sobre as tabelas do acordo coletivo de trabalho anterior, referente a 2014/2016 e retroagindo a fevereiro deste ano. 

Desse modo, ficará assegurada, para o segundo ano de vigência, a correção pelo INPC apurado no primeiro ano. 

Vale ressaltar que a OceanPact é filiada ao Syndarma/Abeam, que, até então, negociava os acordos em nome das empresas filiadas. 

Assim, trata-se do primeiro acordo que a companhia negocia diretamente com o Sindmar. 

Diversos analistas de mercado consideraram a notícia bastante negativa, considerando  que o setor é intensivo em mão de obras, portanto, o impacto será relevante. 

Foto: OceanPact/Divulgação

Compartilhe: