Navegue:
Ministério da Economia corta projeção do PIB de 2020 por conta do coronavírus

Ministério da Economia corta projeção do PIB de 2020 por conta do coronavírus

Ministério da Economia, foto de Anesp
Por:

Compartilhe:

Por:

[vc_column width=”1/1″][vc_column_text css=”.vc_custom_1580925754915{padding-right: 13% !important;padding-left: 13% !important;}”]

A Secretaria de Política Econômica (SPE) do Ministério da Economia projeta um crescimento econômico de 2,1% para este ano, enquanto a estimativa anterior era de 2,4%. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira, 11, por meio do Boletim MacroFiscal.

A nova projeção ocorre em meio à piora das expectativas para o crescimento econômico global por conta do surto de coronavírus.

“Na passagem de 2019 para 2020, a economia brasileira tem mostrado sinais de continuidade do processo de recuperação do crescimento, ainda que com a cautela decorrente das incertezas do ambiente internacional e as consequentes revisões do crescimento dos países desenvolvidos e emergentes”

diz o documento.

Apesar da redução, a previsão para o Produto Interno Bruto (PIB) é mais alta do que o esperado pelo mercado. No último relatório Focus, divulgado pelo Banco Central na segunda-feira (9), as instituições financeiras esperavam um avanço de 1,99% para 2020.

Enquanto isso, o documento também aponta que houve corte no Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) deste ano, passando de 3,62% para 3,12%. Para 2021, o governo prevê um avanço de 3,75% na inflação.

→ Leia também: O que é o IPCA?

Foto: Anesp

[/vc_column_text][/vc_column]

Compartilhe:

Compartilhe: