Navegue:
Lupo contrata bancos para IPO na bolsa brasileira, diz jornal

Lupo contrata bancos para IPO na bolsa brasileira, diz jornal

Contudo, ainda não houve nenhum pedido oficial à CVM

Lupo (divulgação)
Por:

Compartilhe:

Por:

A Lupo, fabricante de roupas íntimas, contratou bancos para sua oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) na bolsa brasileira, informaram pessoas com conhecimento no assunto ao Brazil Journal. Contudo, ainda não houve nenhum pedido oficial à Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

Segundo as fontes, a companhia escolheu Itaú BBA, XP Investimentos, BTG Pactual e Bank of America para a coordenação da oferta.

Os recursos provenientes do IPO, que deve ser realizado no segundo semestre deste ano, visa, em parte, financiar a aquisição de marcas que complementem o portfólio da empresa.

Há mais de 100 anos no mercado, a Lupo tem duas fábricas no interior de São Paulo e vende seus produtos em mais de 35 mil lojas multimarcas, além de operar uma rede de 654 franquias e um e-commerce.

Em 2020, as vendas da fabricante caíram 18%, para R$ 736 milhões, devido ao impacto do fechamento de lojas em decorrência das medidas de isolamento social.

Já o resultado operacional medido pelo Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização, em português) apresentou uma retração para R$ 57 milhões em comparação aos R$ 163 milhões registrados em 2019.

Foto: Lupo/Divulgação

Compartilhe: