Navegue:
IPO da Mater Dei pode movimentar R$ 2 bilhões

IPO da Mater Dei pode movimentar R$ 2 bilhões

A faixa de preço definida está entre R$ 21,80 e R$ 26,20 por ação

Hospital Mater Dei Pedro Vilela Agencia i7
Por:

Compartilhe:

Por:

A oferta pública inicial de ações (IPO, na sigla em inglês) da rede de atendimento hospitalar Mater Dei pode chegar a movimentar aproximadamente R$ 2 bilhões, conforme o prospecto preliminar da operação divulgado nesta terça-feira, 23, na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).  

A companhia, fundada em 1980 e sediada em Belo Horizonte, atualmente possui três unidades na região metropolitana da capital, totalizando 1.081 leitos hospitalares. 

O montante considera a venda integral do lote base da oferta e que cada papel será vendido por 24 reais.  

Este valor está ao meio da faixa estimativa definida pelos coordenadores da oferta, que varia entre R$ 21,80 e R$ 26,20 por ação ordinária.  

Do valor total da projeção, aproximadamente 1,64 bilhão de reais corresponde à oferta primária (emissão de ações novas), com 68.171.121 ações. 

Já a secundária irá contar com 12.522.935 ações, com a possibilidade de lotes adicional, com 16.138.811 ações, e suplementar, com 12.104.108 ações. 

A fixação do preço dos papéis está prevista para ocorrer no dia 12 de abril.  

A estreia das ações no pregão da Bovespa deve acontecer dia 14 de abril, e serão negociadas sob o ticker MATD3.  

A operação, que é coordenada por BTG Pactual, JPMorgan, Itaú BBA, Bradesco BBI e Safra, terá como objetivo obter recursos para viabilizar aquisições de rivais menores e de startups e investir na construção de novos hospitais. 

Foto: Pedro Vilela/Agência i7

Compartilhe: