Navegue:
Ibovespa de volta aos 127k, Leis das Diretrizes Orçamentárias aprovada, inflação nos EUA e o que influencia o mercado hoje

Ibovespa de volta aos 127k, Leis das Diretrizes Orçamentárias aprovada, inflação nos EUA e o que influencia o mercado hoje

A temporada de balanços corporativos na Bolsa de Valores terminou. Está atrasado com alguma leitura?
Por:

Compartilhe:

Por:

Depois de três altas consecutivas em pregão, o Ibovespa, principal indicador da B3, fechou em queda de 0,73% nesta quinta-feira, 15, aos 127.467,88 pontos, acompanhando as bolsas de Nova York. O giro foi de R$ 26,9 bilhões. 

Puxado pelo mau humor do mercado externo após a fala do presidente do Banco Central dos EUA (Fed), que disse que a alta dos preços no país coloca a inflação em nível desconfortavelmente acima do que seria consistente com os objetivos do Fed. 

Entretanto, o presidente manteve seu discurso de que as pressões inflacionárias são transitórias.  

Segundo Powell, na medida em que a inflação não seja temporária e se torne cada vez mais de longo prazo, o Fed tende a reavaliar os riscos e agir, monitorando-os de perto.  

Em Wall Street, o índice Dow Jones passou o dia em queda, mas conseguiu reverter para o lado positivo ao final do pregão, encerrando em alta de 0,15%, a 34.987 pontos.  

S&P 500 recuou 0,33%, a 4.360 pontos, enquanto o Nasdaq caiu 0,70%, a 14.543 pontos.   

O dólar comercial fechou em alta de 0,6%, vendido a R$ 5,115. 

No Brasil, o destaque foi para a aprovação da Leis das Diretrizes Orçamentárias (LDO) pela Câmara dos Deputados. 

Com o novo texto, a verba do fundo eleitoral é triplicada, saindo do R$ 1,8 bilhão para R$ 5,7 bilhões da dotação. 

Agora o texto seguirá para o Senado, onde ainda pode ser modificado.  

Além disso, a reforma do Imposto de Renda segue no radar, com notícias de que os secretários estaduais de Fazenda já estão preparando uma ofensiva contra o relatório apresentado pelo deputado Celso Sabino (PSDB-PA), relator do tema na Câmara.  

No lado corporativo, a semana foi recheada de notícias de parcerias, aquisições e fusões. 

As ações do Magazine Luiza foram o destaque de alta no pregão de ontem, em alta de 3,45%, após o anúncio da aquisição da loja Kabum!. 

A empresa também foi puxada pelo comunicado de um follow on que pode captar cerca de R$ 3 bilhões, destinados a garantir sua expansão.  

Agenda Econômica 

Nesta sexta-feira, 16, a agenda econômica vem com poucos indicadores no Brasil, somente com a divulgação do Índice Geral de Preços – 10 (IGP-10) e do monitor do PIB (Produto Interno Bruto). 

Enquanto isso, lá fora, teremos a divulgação das vendas do varejo e da confiança do consumidor nos EUA. 

 Foto: iStock

Compartilhe:

Compartilhe: