Navegue:
Cancelamentos de IPOs em 2021 já somam 28 casos

Cancelamentos de IPOs em 2021 já somam 28 casos

No ano passado inteiro, o número chegou em 25 desistências

Por:

Compartilhe:

Por:

O número de empresas que desistiram de suas ofertas públicas iniciais de ações (IPOs, na sigla em inglês) nos quatro primeiros meses deste ano já somam 28, de acordo com o sistema da Comissão de Valores Mobiliários (CVM). 

Esses 28 cancelamentos superam de longe os 25 que ocorreram no ano de 2020 inteiro. 

As últimas três empresas que cancelaram seus IPOs foram o Centro de Tecnologia Canavieira, o Grupo Fartura de Hortifruti e a Casa & Vídeo, de acordo com informações do Valor PRO. 

E mais desistentes vem por aí. Ao que consta, a Alphaville, estreante na bolsa em 2020 com uma oferta de esforços restritos (Instrução CVM 476), ainda aparece no sistema da CVM com um pedido de oferta ampla (Instrução CVM 400). 

O Grupo BIG (antigo Walmart), recentemente comprado pelo Carrefour, também continua listado com uma operação em aberto na comissão.

*informações do portal Valor PRO

Compartilhe: