Banco Pan (BPAN4): Aumento de participação do BTG (BPAC11) dá confiança ao mercado e ações sobem

Por volta das 16h, o papel era negociado a R$ 10,15, com avanço de 5,51%, a terceira maior alta do Ibovespa.

banco pan divulgacao

Foto: Divulgação

Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

O aumento da participação do BTG Pactual no Banco Pan, realizada no pregão desta quinta-feira, 13, deu sinais para o mercado da confiança que a gestão do BTG tem na fintech, fazendo com que as ações do Pan disparassem nesta sexta, 14.

Por volta das 16h, o papel era negociado a R$ 10,15, com avanço de 5,51%, a terceira maior alta do Ibovespa.

Com a compra de 40,62% das ações do Pan ontem, o BTG, que já controlava a fintech, passou a deter 73,02% de seu capital social.

O aumento de participação “passa a credibilidade do management do BTG”, afirma Rodrigo Crespi, analista da Guide Investimentos. “A mensagem é de confiança no negócio.”

Além dos sinais de confiança, Crespi explica que a própria demanda criada pela compra massiva pelo BTG faz com que os papéis reajam positivamente no pregão de hoje.

A alta do Pan também segue uma tendência geral das ações de tecnologia. “Depois de meses em queda substancial, todas as empresas de tecnologia, em especial as percebidas como fintechs, estão negociando a preços bem menores, que já começam a chamar a atenção de investidores institucionais novamente”, diz Phil Soares, chefe de análise de ações na Órama.

Na visão do analista, o Banco Pan está entre estas fintechs, que vêm passando por pregões de alívio depois de uma deterioração significativa de preço. Desde o início do ano, os papéis da instituição registram perdas de 2,9%.

Além do Pan, as ações do Banco Inter (BIDI11) tinham alta de 6,38%, depois de queda de 17,75% desde o início do ano, e as do próprio BTG subiam 2,39%, após acumularem desvalorização de 5,56%.

O dia também é positivo para os bancos de maneira geral, segundo Crespi, que são impulsionados principalmente pelos balanços de instituições financeiras do exterior, que vieram, em sua maioria, acima do esperado.

Bradesco (BBDC4) subia 1,32%, Santander (SANB11) ganhava 0,89% e Banco do Brasil (BBAS3) avançava 2,8%, enquanto o Itaú (ITUB4) caminhava na direção oposta, em queda de 0,76%.

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Rolar para o topo
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais