Navegue:
Banco Inter (BIDI11) formaliza aquisição de fintech americana Pronto Money

Banco Inter (BIDI11) formaliza aquisição de fintech americana Pronto Money

Operação faz parte da estratégia do banco de iniciar suas atividades de prestação de serviço nos EUA

Foto: Inter/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

O Banco Inter comunicou na segunda-feira, 22, a celebração do merger agreement, instrumento que formaliza a aquisição da fintech americana Pronto Money, conhecida também como USEND, que possui subsidiárias no Brasil, Canadá e Reino Unido. O valor da operação não foi revelado.

A compra da companhia de tecnologia financeira havia sido anunciada pelo banco mineiro em agosto deste ano. Na época, o mercado reagiu bem à notícia, fazendo com que as units do Inter (BIDI11) subissem mais de 5% no pregão daquele dia na B3.

A operação faz parte da estratégia do banco de iniciar suas atividades de prestação de serviço nos Estados Unidos, de forma inorgânica, ampliando a oferta de produtos financeiros e não financeiros para os atuais clientes da USEND e para os clientes brasileiros do Inter.

Os principais executivos da fintech, dentre eles o fundador e CEO, seguirão à frente da operação americana e liderarão a integração da USEND ao grupo do Banco Inter, quando obtidas as aprovações regulatórias necessárias.

A startup possui licenças para atuação como money transmitter em mais de 40 estados americanos. Com isso, ela pode oferecer serviços de wallet, cartão de débito e pagamento de contas.

Vale lembrar que a companhia mineira planeja abrir capital nos EUA e, consequentemente, oferecer os papéis ao mercado brasileiro por meio de BDRs (Brazilian Depositary Receipts), que são certificados que representam ações emitidas por empresas em outros países, mas negociados na B3, a bolsa brasileira.

Ontem, as units do banco fecharam o pregão em queda de 14,11%, a R$ 35,05. Em um ano, contudo, os papéis acumulam ganhos de 55%.

Compartilhe:

Compartilhe: