Navegue:
Americanas (AMER3) recebe sinal verde para incorporar LAME3 e LAME4; veja o cronograma

Americanas (AMER3) recebe sinal verde para incorporar LAME3 e LAME4; veja o cronograma

Cada acionista da Lojas Americanas receberá 0,188964 ação AMER3 para cada papel ordinário ou preferencial

Americanas - foto divulgação

Foto: Americanas/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A Americanas, antiga B2W, comunicou que a incorporação da Lojas Americanas pela companhia foi aprovada em assembleia geral extraordinária (AGE) realizada na sexta-feira, 10.

Com a nova estrutura societária, apenas as ações da Americanas (AMER3) serão negociadas na B3, no segmento do Novo Mercado, enquanto os papéis ordinários (LAME3) e preferenciais (LAME4) da Lojas Americanas, que hoje funciona como uma holding, deixarão a bolsa a partir de 24 de janeiro.

Cada acionista da holding receberá 0,188964 ação AMER3 para cada papel ordinário ou preferencial da Lojas Americanas. O atual controlador da Lojas Americanas passará a ser um acionista de referência, com uma fatia de 29,2% do capital social da Americanas, sem cobrar prêmio por isso.

A Genial Investimentos considera a troca de ações positiva porque aumenta a transparência da companhia e porque o mercado esperava este tipo de estrutura societária desde a fusão entre a Americanas e a B2W. “Entretanto, essa fusão gerou a AMER3, que juntou as operações físicas e digitais enquanto a LAME foi mantida como uma holding não operacional. Essa estrutura era um mecanismo para que os controladores não perdessem o controle e gerou grande desconfiança pelos investidores”, acrescentou.

Segundo a Americanas, o processo de incorporação gerará mais valor aos investidores, uma vez que passarão a ser titulares de ações com iguais direitos e vantagens. Com isso, a expectativa é de que os ativos AMER3 aumentem a liquidez.

Além disso, a varejista ainda deixou claro sua intenção de migrar sua base acionária para os Estados Unidos por meio da NYSE ou da Nasdaq. “Os méritos dessa ideia continuam presentes”, destaca.

Direito de retirada

Em nota enviada à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), a Americanas apontou que será assegurado aos acionistas que não votaram favoravelmente à incorporação o direito de retirada, apenas para os titulares de ações ordinárias, mediante o reembolso correspondente à participação que receberiam na varejista.

Vale lembrar que, para assegurar tal direito, o acionista precisa comprovar ter as ações da Lojas Americanas até o dia 3 de novembro. Os titulares que tiverem adquirido os ativos após a data definida não conseguirão ser reembolsados.

De acordo com o documento, será pago o valor de R$ 5,49 para cada papel ON, calculada com base no balanço patrimonial da Lojas Americanas em 30 de junho deste ano.

Quanto ao cronograma, os acionistas dissidentes terão de 14 de dezembro até o dia 13 de janeiro, com o pagamento previsto para ocorrer em 21 do mês que vem.

Veja o calendário completo a seguir:

Data

Evento

10/12

AGEs que deliberaram sobre a Incorporação

14/12

Início do prazo para exercício do direito de retirada LAME3

13/01

Final do prazo para exercício do direito de retirada LAME3

21/01

Último dia de Negociação de LAME3 e LAME4

24/01

Ao final do pregão de 21 de janeiro, os titulares de ações LAME3 e LAME4 podem negociar suas novas ações AMER3, que serão creditadas no dia 26 do mesmo mês; os papéis LAME3 e LAME4 deixam de ser negociados na B3

26/01

Crédito das ações AMER3 para acionistas LAME3 e LAME4

Fonte: Americanas

Às 10h50, as ações AMER3 subiam 0,60%, a R$ 28,67. Em 12 meses, os papéis acumulam perdas de 63,4%, assim como outras varejistas, que concentram as principais quedas do Ibovespa no ano.

Compartilhe:

Compartilhe: