Navegue:
Renner (LREN3), Marfrig (MRFG3) e Neoenergia (NEOE3) aprovam distribuição de proventos; confira todos os detalhes

Renner (LREN3), Marfrig (MRFG3) e Neoenergia (NEOE3) aprovam distribuição de proventos; confira todos os detalhes

Renner e Neoenergia vão distribuir JCP, enquanto Marfrig optou por pagar dividendos intercalares

Renner foto divulgacao

Foto: Renner/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

Em ritmo de final de ano, muitas empresas continuam anunciando o pagamento de dividendos ou de juros sobre capital próprio (JCP). Dessa vez, a Renner, Marfrig e Neoenergia informaram que seus respectivos conselhos aprovaram a distribuição de proventos. Confira as datas:

Lojas Renner (LREN3)

A Lojas Renner comunicou na quinta-feira, 16, o pagamento de JCP no valor bruto de R$ 127 milhões, correspondentes a R$ 0,1289 por ação ordinária em valor bruto. O valor líquido, que desconta 15% do imposto de renda, é de R$ 0,1095 por ação.

Somente os acionistas com posição em 21 de dezembro terão direito ao provento, ou seja, a partir do dia 22 deste mês, as ações da varejista serão negociadas como “ex-JCP”.

Em nota, a empresa disse que a data de pagamento será definida na assembleia geral ordinária de 2022.

Marfrig (MRFG3)

Enquanto isso, a Marfrig anunciou a distribuição de R$ 830,1 milhões em dividendos intercalares, com base em lucros apurados no balanço de 30 de setembro deste ano. O valor por ação equivale a R$ 1,2502, já desconsiderados os papéis em tesouraria.

De acordo com a companhia, esta sexta-feira, 17, será utilizada como data-base para definir quem terá direito a receber os dividendos. Já a partir da próxima segunda-feira, 20, os ativos passarão a ser negociados como “ex-direitos”.

O pagamento ocorrerá no dia 28 deste mês, tanto para os detentores de ações negociadas na B3 (MRFG3) como para os acionistas titulares de ADRs (American Depositary Receipts) nos Estados Unidos.

Neoenergia (NEOE3)

Por último, a Neoenergia confirmou o pagamento de JCP no montante bruto de R$ 160 milhões, que correspondem a R$ 0,1318 por ação ordinária. O valor líquido, com o desconto do imposto de renda, é de R$ 0,1120.

Segundo a companhia elétrica, o pagamento ocorrerá até 31 de dezembro de 2022 e não haverá atualização monetária. Terá direito ao pagamento quem fizer parte da base de acionistas em 5 de janeiro do ano que vem.

Acompanhe a cotação dos ativos em tempo real pelo TradeMap

Compartilhe: