Navegue:
Petrobras (PETR4) desiste de vender Polo Urucu para a Eneva após um ano de negociações

Petrobras (PETR4) desiste de vender Polo Urucu para a Eneva após um ano de negociações

Após um ano de negociações, Petrobras desiste de vender à Eneva campos terrestres com produção de óleo e gás

petrobras divulgacao png

Foto: Divulgação/Petrobras

Por:

Compartilhe:

Por:

A Petrobras (PETR4) desistiu de vender à Eneva (ENEV3) a concessão de áreas produtoras de petróleo e gás no estado do Amazonas conhecidas como Polo Urucu. As negociações entre as duas empresas estavam se arrastando desde fevereiro do ano passado. A Petrobras, no entanto, tenta vender o Polo Urucu desde meados de 2020.

“Apesar dos esforços envidados por ambas as empresas nesse processo, ao longo da negociação, não foi possível convergir para um acordo em certas condições críticas, optando-se pelo encerramento das negociações em curso, sem penalidades para nenhuma das partes”, disse a Petrobras num comunicado divulgado na última sexta-feira (28).

O Polo Urucu reúne campos terrestres de produção de petróleo e gás e produz um pouco mais de 100 mil barris por dia de barris de petróleo equivalente – medida que considera tanto o petróleo quanto o gás natural extraído na região.

As concessões foram alvo de interesse tanto da Eneva quanto da 3R Petroleum – que teriam oferecido cerca de US$ 600 milhões e US$ 1 bilhão, respectivamente, para ficar com o Polo Urucu, que é conectado a Manaus, capital do Amazonas.

As ações da Petrobras fecharam em queda de 3,96% na última sexta-feira (28), cotadas a R$ 34,35.

Compartilhe:

Compartilhe: