Navegue:
Cerveja mais cara: Ambev vai aumentar preços a partir de outubro, diz Abrasel

Cerveja mais cara: Ambev vai aumentar preços a partir de outubro, diz Abrasel

Segundo a associação, o reajuste deve vir alinhado com a inflação acumulada nos último 12 meses, em torno de 10%

Ambev foto divulgacao

Foto: Ambev/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) confirmou um aumento de preços de cervejas pela Ambev, dona das marcas Skol e Brahma, em São Paulo, conforme reportado pelo jornal Folha de S. Paulo nesta semana.

A Abrasel disse, em nota, que o reajuste deve ser alinhado com a inflação acumulada nos último 12 meses, em torno de 10%. A Associação informou que não tem mais informações sobre outros estados.

Com isso, a Ambev deverá reajustar os preços de seus produtos a partir desta sexta-feira, 1º de outubro. Segundo comunicado enviado aos clientes e distribuidores obtido pela Folha, o aumento vai seguir “a variação da inflação, de custos, câmbio e carga tributária”. Os reajustes podem variar entre regiões, marcas, embalagens e segmentos.

Embora a empresa ainda não tenha confirmado a elevação dos preços, o aumento está alinhado com os seus objetivos, comentados na última divulgação de resultado, quando comentou que havia possibilidade de elevar os preços dos produtos.

Nesta quinta-feira, as ações da cervejeira (ABEV3) reportam leve recuo na B3. Por volta das 12h10, os papéis caíam 0,71%, cotados a R$ 15,38. No mês, os ativos acumulam queda de quase 10% e, no ano, sobem por volta de 25%. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap.

Compartilhe:

Compartilhe: