Navegue:
Após quatro anos, incorporadora PDG encerra recuperação judicial

Após quatro anos, incorporadora PDG encerra recuperação judicial

Houve o entendimento de que a companhia cumpriu todas as obrigações previstas no plano de recuperação

PDG foto divulgacao

Foto: PDG/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A PDG informou nesta quinta-feira, 14, que o juízo da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais da Comarca da Capital de São Paulo encerrou o processo de recuperação judicial da incorporadora.

De acordo com o documento entregue à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), houve o entendimento de que a companhia cumpriu todas as obrigações previstas no plano de recuperação judicial.

Em nota, a incorporadora ressalta que a recuperação permitiu ao grupo a reestruturação de um passivo de mais de R$ 5,3 bilhões, perante mais de 22 mil credores.

“A recuperação judicial foi, portanto, concluída com êxito, proporcionando à companhia a manutenção da normalidade operacional em bases sólidas, a superação da crise e condições para dar continuidade ao pagamento do saldo do passivo concursal e retomar o plano de crescimento”, destacou.

Por volta das 11h55, os papéis da PDG (PDGR3) saltavam 66,46%, a R$ 2,73. Acompanhe a cotação em tempo real pelo TradeMap.

Compartilhe: