Navegue:
Marisa (AMAR3) fará aumento de capital de até R$ 249,9 milhões

Marisa (AMAR3) fará aumento de capital de até R$ 249,9 milhões

Operação tem como finalidade sustentar o plano de investimento e fortalecer a estrutura de capital da varejista frente ao período pós-pandemia

Marisa - foto divulgação

Foto: Marisa/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

O conselho de administração da Lojas Marisa aprovou o aumento de capital social mediante a emissão de novas ações ordinárias da companhia (AMAR3). De acordo com o documento enviado à Comissão de Valores Mobiliários (CVM), o aumento será de, no mínimo, R$ 89,9 milhões e, no máximo, de R$ 249,9 milhões. Para isso, serão emitidos até 81,1 milhões de papéis a um preço de R$ 3,08 por ativo, levando em conta o valor de fechamento do pregão do dia 3 de dezembro, com deságio de 15%.

“Além das ações que subscreverem, os subscritores farão jus, como  vantagem  adicional,  a um  bônus  de subscrição para cada uma nova ação ordinária subscrita”, destaca a varejista de moda. Cada bônus conferirá a seu titular o direito de subscrever 0,8508 ação ordinária, ao preço de exercício de R$ 3,62.

Os titulares de ações da empresa poderão exercer seus respectivos direitos de preferência para a subscrição dos novos papéis no período de 13 de dezembro a 11 de janeiro de 2022, no percentual de 31,04% sobre a posição acionária que possuírem no fechamento do pregão do dia 10 deste mês na B3.

Após a operação, o capital social da Marisa, atualmente em R$ 1,471 bilhão, poderá ficar no valor de R$ 1,721 bilhão, considerando a subscrição do montante máximo de ações.

Em nota, a companhia informou que o aumento de capital tem como finalidade sustentar o plano de investimento e fortalecer sua estrutura de capital frente ao período pós-pandemia, principalmente por uma expectativa de pressão inflacionária e alta de juros se estendendo para 2022.

Compartilhe:

Compartilhe: