Navegue:
Azul fecha parceria com alemã Lilium para construir malha de eVTOL a partir de 2025

Azul fecha parceria com alemã Lilium para construir malha de eVTOL a partir de 2025

Segundo a companhia aérea, essa operação pode chegar a US$ 1 bilhão em investimentos

Azul - Foto de Pixabay
Por:

Compartilhe:

Por:

A Azul comunicou na manhã desta segunda-feira, 2, que fechou uma parceria estratégica com a startup alemã Lilium para construir uma malha de 220 unidades de eVTOL (veículo aéreo de pouso e decolagem vertical).

Segundo a companhia aérea, essa operação pode chegar a US$ 1 bilhão em investimentos, com previsão de início a partir de 2025.

Em nota enviada à CVM, a Azul ressalta que o pedido de aeronaves permanece sujeito à finalização dos termos comerciais entre as empresas, além da documentação definitiva relacionada ao acordo.

Por meio dessa malha aérea, a companhia quer aumentar sua conexão no país, além de reforçar seus compromissos referentes à sigla ESG, com o desenvolvimento de uma aeronave totalmente elétrica e com emissão zero de carbono.

“Nossa presença de marca, nossa malha com exclusiva conectividade e nosso robusto programa de fidelidade nos fornecem as ferramentas para criar os mercados e a demanda para a operação com jatos Lilium no Brasil”, comentou em nota o CEO da Azul, John Rodgerson.

Nas alturas

Fundada em 2015, a Lilium pretende iniciar suas operações comerciais em 2024. Atualmente, a startup conta com mais de 600 funcionários e tem escritórios na Europa e Estados Unidos.

A aeronave da companhia tem capacidade para sete pessoas, contando com o piloto.

Foto: Pixabay

Compartilhe: