Amazon planeja abrir várias grandes lojas físicas nos EUA, diz jornal

Segundo pessoas com conhecimento sobre o assunto, as primeiras lojas devem ser abertas nos estados de Ohio e Califórnia. Elas terão por volta de 2,8 metros quadrados e oferecerão produtos de marcas conhecidas

Amazon
Logo Trademap

Por:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Por:

A Amazon planeja abrir grandes lojas físicas de varejo nos Estados Unidos, que vão operar como lojas de departamentos. As informações foram publicadas nesta quinta-feira, 19, por meio de uma reportagem do Wall Street Journal.

→ Leia também: Amazon arrecadou R$ 4,5 milhões por minuto no 1º tri

Segundo pessoas com conhecimento sobre o assunto, as primeiras lojas devem ser abertas nos estados de Ohio e Califórnia. Elas terão por volta de 2,8 metros quadrados e oferecerão produtos de marcas conhecidas.

Mesmo se beneficiando das compras online, a Amazon também mira o mercado físico, ao passo que mais pessoas estão sendo vacinadas contra a Covid-19 e, com isso, os consumidores acabam saindo mais.

Atualmente, a gigante norte-americana possui alguns pontos físicos para livros e mantimentos, além de modelos pop-ups em pelo menos 13 estados dos EUA.

Foto: Amazon

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp

Tags:

Compartilhe:

Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no telegram
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no email
Compartilhar no whatsapp
Rolar para o topo
Baixe o App Footer Post
Baixe o App Footer Post 0003 Carteira

Carteira consolidada

Baixe o App Footer Post 0002 historico de Dividendos

Histórico de dividendos

Baixe o App Footer Post 0001 Acompanhamento

Acompanhamento em tempo real

Baixe o App Footer Post 0000 IBOV

Comparação com IBOV, CDI, Dólar e mais