Navegue:
B3 (B3SA3) recebe infração de R$ 500 mi da Receita Federal por não pagar IR na fusão com Cetip

B3 (B3SA3) recebe infração de R$ 500 mi da Receita Federal por não pagar IR na fusão com Cetip

Em nota, companhia afirmou "que inexiste ganho de capital tributável em operações de incorporação de ações"

B3 divulgacao

Foto: B3/Divulgação

Por:

Compartilhe:

Por:

A B3, operadora da bolsa brasileira, recebeu na quinta-feira, 15, um auto de infração da Receita Federal (RF) no valor de R$ 499,5 milhões, incluindo multa e juros, referente ao imposto de renda retido na fonte e ao ganho de capital apurado por acionistas estrangeiros da Cetip, comprada em 2017.

“A B3 reitera o seu entendimento, na linha da opinião de seus consultores tributários externos, de que inexiste ganho de capital tributável em operações de incorporação de ações e apresentará impugnação ao referido auto de infração dentro do prazo regulamentar”, comentou a companhia em nota.

Essa não é a primeira vez que a empresa recebe infração da RF. Em outubro deste ano, a operadora da bolsa local foi notificada pela amortização, para fins fiscais, do ágio gerado na combinação de negócios entre Bovespa e BM&F, que originou a B3. O valor da multa foi de R$ 204 milhões.

Logo em seguida, em novembro, a companhia recebeu uma nova infração, no valor de R$ 1,172 bilhão, dessa vez referente ao cômputo das variações cambiais positivas de investimento no CME Group, em virtude da venda dessa fatia que a companhia realizou em 2016.

Ontem, as ações da empresa (B3SA3) encerraram o pregão em queda de 0,33%, a R$ 12,06. Em 12 meses, os papéis acumulam perdas de quase 37%.

Compartilhe:

Compartilhe: