Navegue:
AgroGalaxy (AGXY3) visa consolidar mercado com mais aquisições, diz CFO em TradeLive

AgroGalaxy (AGXY3) visa consolidar mercado com mais aquisições, diz CFO em TradeLive

Ainda pouco representado na Bolsa, o agronegócio equivale a quase 30% do PIB brasileiro

Foto: Shutterstock

Por:

Compartilhe:

Por:

Desde 2020, seis empresas do agronegócio abriram capital na Bolsa brasileira. As companhias movimentaram mais de R$ 10 bilhões, marcando a ascensão de um importante setor no mercado de capitais. A AgroGalaxy (AGXY3) foi uma delas.

A empresa captou R$ 350 milhões com o IPO, realizado em julho de 2021. A AgroGalaxy investiu tudo em seu crescimento inorgânico, segundo o CFO Mauricio Puliti, na TradeLive realizada na última terça-feira (28).

A companhia, que tem em sua história um processo de consolidação de empresas do varejo de insumos agrícolas, recentemente fechou a compra da Agrocat, que é uma distribuidora de insumos.

⇨ Quer conferir quais são as recomendações de analistas para as empresas da Bolsa? Inscreva-se no TradeMap!

A AgroGalaxy também adquiriu Ferrari Zagatto e Boa Vista. Puliti disse que há espaço para mais, mesmo com a contração monetária vigente no país.

“Esse setor [de insumos agrícolas para varejo] é um dos poucos grandes que ainda está em processo de consolidação”, afirmou o executivo em live no YouTube do TradeMap. “Nos Estados Unidos, o maior player tem quase 25% do mercado. Nós, que estamos entre os líderes, não temos nem 5% de market share.”

Em relatório recente, o Bradesco BBI afirmou que o mercado varejista de insumos é altamente fragmentado no Brasil, movimentando aproximadamente R$ 180 bilhões.

Do ponto de vista de negócio, a empresa tem apresentado crescimento. No primeiro trimestre deste ano, o Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) ajustado, que mostra uma mensuração da geração de caixa da empresa, disparou 356,2%, para R$ 130,3 milhões.

Os números são resultado do crescimento da receita de insumos por cliente, que mais do que dobrou em um ano. Neste meio tempo, a empresa ainda continuou abrindo lojas. Em março de 2021, eram 97, e no mesmo mês deste ano, o total chegou a 145 unidades.

A guerra no Leste Europeu fez o preço dos fertilizantes disparar, o que acabou sendo positivo para a AgroGalaxy. A capacidade de repasse dos preços aos produtores, porém, fez os investidores ficarem com um pé atrás.

Nos últimos 12 meses, as ações da empresa caíram quase 30%, acompanhando, principalmente, a aversão a risco dos mercados. Nesse cenário, as small caps acabam sofrendo mais com a contração monetária global.

Ações AGXY3 (verde) e índice Ibovespa (amarelo) no último ano

Fonte: TradeMap
Fonte: TradeMap

Na visão do executivo, a reação do mercado não leva em consideração que antes mesmo da guerra os preços dos fertilizantes já estavam em alta.

Segundo ele, as ações da empresa sofreram nos últimos meses por conta da venda generalizada de fundos e baixa liquidez das ações, que vieram a mercado com uma oferta destinada apenas a investidores qualificados.

Dentre os principais riscos para a tese da empresa, Puliti menciona três tópicos: sazonalidade, clima e crédito dos clientes. Clique aqui para conferir a entrevista completa com a AgroGalaxy!

Compartilhe: