Fotos dos Colunistas Luiz Mind 2

Por Luiz Henrique Pedro

Colunista de ações da Agência TradeMap

Educador financeiro e sócio fundador de três startups. Publica conteúdo sobre finanças em seu Instagram.

Nada de sorte: seja constante e disciplinado nos seus investimentos

Fileiras de sementes na terra, plantio

Compartilhe:

Imagine você podendo viajar para onde quiser sem ter que se preocupar com dinheiro, tendo grana na conta todos os meses sem fazer esforço algum. Pois é, isso existe e se chama liberdade financeira com a chamada renda passiva, e neste artigo você irá aprender os princípios dela.

Lei da semeadura

Já dizia o velho ditado: “Cada um colhe o que planta”. Se quiser comer um fruto da sua horta terá que plantar primeiro. E não simplesmente plantar, mas também regar todos os dias, adubar e afastar as pragas. Esse é o esforço para colher o que se deseja.

Assim, na vida, é preciso plantar hoje se quisermos conquistar algo no futuro.

Ao pensarmos nessa “regra” para o mundo dos investimentos, consideramos três fatores importantes. São eles: constância, disciplina e longo prazo. Pode parecer meio vago, porém faz bastante sentido e diferença para os seus investimentos.

1 – Constância

Este fator é determinante, porque se refere a você possuir (ou adquirir) o hábito de investir todos os meses. Não basta investir uma quantia um único mês e esperar as coisas acontecerem.

A tal magia dos juros compostos até acontece, mas só fará diferença na sua vida se possuir uma grana bastante alta, acima de R$ 1 milhão. Caso contrário, a constância é uma parte superimportante na jornada rumo a sua liberdade.

2 – Disciplina

O fator mais difícil destes três é a disciplina. Ela não depende de nenhum resultado imediato. Então, você precisa pensar na recompensa no longo prazo. Sem disciplina, o risco é parar no meio do caminho.

Uma imagem famosa retrata um pouco isso. Dois mineradores cavam, e um deles desiste quando está a poucos centímetros de chegar aos diamantes, enquanto o outro minerador está na metade do caminho muito motivado para encontrar os diamantes.

A lição é que se deve manter a disciplina sempre nos nossos objetivos e fazer todos os dias um pouco. No caso dos investimentos, isso significa investir todos os meses em busca da sua independência.

3 – Longo prazo

Se você já investe ou quer investir, adianto que essas duas palavrinhas vão te encher muito o saco. Por mais falada que sejam, ainda são incompreendidas por boa parte dos investidores e causam perdas para a maioria deles.

Para compreender isso é só olhar para as coisas ao seu redor. Todas as coisas da nossa vida exigem constância, disciplina e principalmente tempo. É como ir a uma academia.

Mas seja paciente. O imediatismo leva a erros, como ficar sempre buscando atalhos que causam atraso, além de lhe fazer perder dinheiro e uma moeda ainda mais valiosa, o seu tempo.

Não conte com a sorte

Você já deve ter jogado na Mega-Sena ou conhece alguém que fez isso. Neste caso, a sorte está totalmente dentro do jogo, já que a chance de uma pessoa ganhar na Mega é 1 em 50 milhões, ou seja, muito difícil de acontecer.

Nas aplicações financeiras ou no mundo dos negócios, você não deve contar com a sorte, apesar de às vezes ela entrar em jogo. Mas se você não estiver fazendo sua parte, ser sortudo pouco vai agregar com o seu progresso.

Então é imprescindível dedicação em realmente semear sempre o que deseja colher. Comece a investir hoje se quiser ser livre financeiramente, se torne um empreendedor logo ou se cuide o quanto antes se desejar ter uma boa saúde.

Tudo isso pode remeter a um papo de coaching, mas o que você precisa fazer para ter o quer é mais obvio do que pensa, principalmente nos investimentos.

Convexidade

Esta palavra traz consigo uma correlação muito grande com o tópico anterior. A convexidade entra na parte de suas escolhas. Como investidor certamente você já fez algumas ou terá de realizar muitas escolhas convexas – aquelas em que tem mais a ganhar do que a perder.

Elas também conversam diretamente com a relação risco/retorno nos investimentos. Com base nisso, você deve analisar se vale a pena investir em um determinado ativo se o risco de colocar o dinheiro nele é menor do que o retorno que poderá obter.

Estes são os princípios importantes na sua jornada da liberdade financeira. Plante hoje o quer no futuro sob os três pilares, constância, disciplina e longo prazo, não dependa da sorte e tome decisões convexas. Estas não são as instruções completas para a sua liberdade, mas com toda a certeza lhe tornarão um investidor melhor.

Todo este conhecimento é apenas uma parte do livro Sementes da Liberdade do Thiago Nigro, e, diga-se de passagem, é um livro realmente incrível.

Compartilhe:

Compartilhe: