Resultados trimestrais da Renner, CSN, TIM, Smiles, Enel, Sonae Sierra e CTEEP

Resultados trimestrais
Renner
Tela de ações da LREN3 no TradeMap

A rede varejista Renner (LREN3) fechou o segundo trimestre de 2019 com queda de 14,4% no resultado do lucro líquido em comparação ao mesmo período do ano passado. Esse valor representa R$ 235,1 milhões, ante R$ 274,7 milhões no 2T18.

De acordo com o InfoMoney, essa é a primeira queda das Lojas Renner após apresentar crescimento no lucro por dez trimestres seguidos. Para analistas da Bloomberg, a expectativa era de que o valor atingisse R$ 254,9 milhões e, por conta disso, os papéis da companhia iniciaram em queda no pregão de hoje na B3. Às 11h10, os ativos operavam em baixa de 2,06%, e você pode acompanhá-los em tempo real no TradeMap.

O Ebitda das operações de varejo recuou 0,6%, ficando em 350,8 milhões de reais, o que representa uma baixa de 2,4% em relação ao mesmo período de 2018. O mercado havia especulado o lucro antes de juros, impostos, depreciações e amortizações por volta de R$ 455,6 milhões.

Já a receita líquida das vendas de mercadorias encerrou em mais de 2 bilhões de reais, crescimento de 13,4%.

CSN

A siderúrgica CSN (CSNA3) registrou lucro líquido de R$ 1,894 bilhão, um aumento de 59 ponto percentual em relação ao segundo trimestre de 2018. No 1T19, a companhia havia atingido lucro de R$ 87 milhões.

O Ebitda ajustado teve alta de 68%, alcançando o valor de R$ 2,380 bilhões no 2° tri/2019. Já em comparação ao primeiro trimestre deste ano, houve aumento de 38%. Por sua vez, a receita líquida somou R$ 6,901 bilhões, alta trimestral de 15%.

O Credit Suisse informou que a CSN teve uma boa performance operacional, principalmente pelo segmento de minério, que compensou o de aço.

TIM

A empresa de telecomunicações TIM (TIMP3) encerrou o segundo trimestre com lucro líquido de R$ 423 milhões, alta de 26% em comparação ao 2T19. Vale lembrar que o resultado exclui efeitos de créditos fiscais e contingências, o que sem esse ajuste representaria um lucro de R$ 2,103 bilhões, segundo o portal InfoMoney.

O Ebitda somou R$ 1,616 bilhão, crescimento de 6,2%, enquanto a receita líquida atingiu R$ 4,263 bilhões, avanço de 2,4%.

Smiles

A companhia de milhagem Smiles (SMLS3) confirmou acréscimo de 36,4% em seu lucro líquido, para R$ 155,7 milhões no segundo trimestre de 2019. Já a receita líquida atingiu 278 milhões de reais, alta de 40,3 pontos percentuais. Por sua vez, o Ebitda atingiu o valor de R$ 180,4 milhões, aumento de 33,7%.

Na Bolsa de Valores, os papéis da Smiles estavam liderando as maiores altas do pregão. Às 11h45, as ações operavam ganho de 4,97%.

Tela de ações da SMLS3 no TradeMap
Enel

A Enel Distribuição (ELPL4), antiga Eletropaulo, registrou lucro líquido de R$ 131,313 milhões no 2T19 e, dessa forma, conseguiu reverter prejuízo no mesmo período do ano passado.

Já o Ebitda da companhia somou R$ 513,99 milhões, aumento de 187,2% em um ano. No entanto, houve uma queda na receita líquida no segundo trimestre deste ano, ficando em R$ 3,352 bilhões (-8,2% na comparação anual).

Sonae Sierra

A Sonae Sierra (SSB3) declarou lucro líquido no segundo trimestre deste ano de R$ 51,892 milhões, queda de 46% em relação ao mesmo período de 2018. O lucro gerencial consolidado seguiu a mesma linha e caiu 17,1%, ficando em R$ 34,593 milhões.

No entanto, o Ebitda teve aumento de 14,2%, para 57,4 milhões de reais. Já a receita líquida também subiu para R$ 80,1 milhões, alta de 11,2%.

CTEEP

A CTEEP (Companhia de Transmissão de Energia Elétrica, e antiga Transmissão Paulista), com o ticker TRPL4, atingiu alta de 105,3% em seu lucro líquido, para R$ 462,7 milhões no segundo trimestre de 2019.

Esse valor ficou acima do esperado pelos analistas da Bloomberg, que estimaram lucro líquido de R$ 330,4 milhões para a companhia.

O Ebitda ficou em R$ 599 milhões e a receita líquida atingiu 731,4 milhões de reais.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no telegram
Compartilhar no reddit
Compartilhar no whatsapp